• A Folha do Vale - Jornal e Site

Governo Pedro Taques compromete-se com regularização fundiária de assentamento em Juína

Regularização Fundiária do Assentamento Vale do Juinão Ganha Mais celeridade


Ocorreu nesta terça-feira(05/04), as 9h da manhã, na câmara dos vereadores do município de Juína, audiência com os moradores do assentamento Vale do Juinão, junto com o representante do governo Dr. Wellington Silva, Assessor Especial da Casa Civil, para ouvir o posicionamento do Governo Pedro Taques referente a situação do assentamento e sobre a liminar de reintegração de posse, que vem ameaçando as 133 famílias residentes no local.

Durante a audiência, o representante do Governo Wellington Silva, afirmou às famílias presentes que, elas podem dormir tranquilas sem medo de perder suas terras e que a liminar de reintegração de posse que as ameaçava foi “derrubada”. De acordo com o Assessor da Casa Civil, o Governador tem interesse em resolver os impasses envolvendo regularizações fundiárias no estado e que o assentamento Juinão será um dos primeiros a ser contemplados e que em breve o Governador Pedro Taques estará em Juína entregando os títulos aos assentados.

Segundo o vereador Geraldo Antonio Ferreira(representante do assentamento na câmara), isso é uma grande vitória para as famílias residentes no local, afinal já faz 10 anos que o assentamento surgiu e que passado 2(dois) Governos Estaduais nada tinha sido feito de relevante para ajudar as famílias e que a situação se complicara devido a um processo judicial pedindo a reintegração de pose e que inclusive a Casa Militar já tinha sido comunicada para ajudar no reforço policial para a retirada das famílias do local.

“É uma luta de muitos anos, já esta fazendo 10 anos de luta naquele assentamento, e sempre a gente cobrando. Iniciamos essa briga desde o Governo Blairo Maggi, depois entramos no do Sival

Barbosa, o pessoal foi várias vezes no Governo Silval Barbosa, onde saiu um decreto e o decreto fez seu vencimento dele nesse ano, no dia 26 de fevereiro. Iniciamos novamente a cobrança ao governador Pedro Taques, o Governador Pedro Taques sempre deu-se de acordo com a situação do Juínão, ele se sensibilizou a respeito do assentamento Juinão, colocando-se sempre a disposição de toda a equipe do assentamento. Tinha um outro processo de reintegração de posse, que é um processo judicial e o processo judicial chegou num ponto em que a Dr. Adriana entendeu que se o Governo não se manifestou até o momento, depois de 2(dois) anos e do decreto ter vencido então ela devia pedir a reintegração de posse. Ela pedindo a reintegração de posse, comunicou a casa militar o reforço policial para estar cumprindo a reintegração de posse. Então a gente ficou de ir para Cuiabá falar com o Governador, nesse intuito de nós irmos falar com o Governador, entramos em contato com o Dr. Eduardo e Eriton, da casa Civil e Casa Militar aonde eles fizeram uma reunião urgente, em Cuiabá através da comissão de conflito agrário, que resolve todos os assuntos fundiários do Estado de Mato Grosso onde deliberaram que em relação ao assentamento Juinão o Governo ira fazer a desapropriação fundiária e que não era necessário os assentados irem até Cuiabá. Agora nesta terça-feira realizou-se uma audiência com o povo do assentamento do Vale Do Juínão onde ele(Wellington Silva, Porta voz do Governo) passou a mensagem que a União da casa Civil, Casa Militar, Procuradoria Geral do Estado de Matogrosso e INTERMAT, estão juntando-se para fazer a regularização fundiária dos assentamentos, nas áreas de terra do estado de Matogrosso e ficou deliberado que o Governo vai fazer essa desapropriação.” Disse o Vereador Geraldo em entrevista ao Jornal Folha Do Vale.

O vereador Geraldo Antonio ferreira, mostrou-se contente em relação à rapidez na resposta do Governo Pedro Taques referente a situação do assentamento e por colocar-se a disposição e com interesse em resolver o conflito que vinha se arrastando a vários anos e que agora com o comprometimento do Governo em fazer a regularização fundiária das 133 famílias, dentro de poucos meses, estas realmente podem ficar tranquilas.

De acordo com o Dr. Wellington Silva, Assessor Especial da Casa Civil, o principal obstáculo para a resolução do problema do assentamento Vale do Juinão e de outros no estado, é a péssima situação em que se encontra Mato Grosso em relações a terras, devido a gestões anteriores e que no caso do assentamento Juinão, a ainda o fato de existir dois levantamentos do valor da fazenda Taciana, um aviltante e um outro mínimo e que para prosseguir com a regularização, será feito um terceiro levantamento do valor real da Fazenda para o estado estar fazendo a desapropriação e posteriormente estar passando as terras para os assentados, pois segundo Wellington, o Governo tem a intenção de pagar pela fazenda mas, pagar um valor justo pelo terreno.

Após a audiência na câmara dos vereadores, Wellington Silva, seguiu para o assentamento Juinão,


para conhecer melhor a vida das famílias no local e suas lavouras. Estiveram presentes na audiência, Wellington Silva, Geraldo Antonio, Ivani Cardoso(presidente da câmara), Hilton Campos, Hermes Lourenço Bergamin(prefeito), Cicero Francelino(Presidente do sindicato dos pequenos trabalhadores rurais), lideres do assentamento Juinão, algumas famílias residentes do assentamento, demais vereadores e imprensa local.

Além do assentamento Juinão, existe muitos outros assentamentos ​​no município de Juína que ainda estão esperando para serem regularizados, dentre eles, o assentamento Boa Esperança 1 e 4 (conhecida como Caiabi), que existe faz 15 anos no município e que até agora, encontra-se parado, o que demonstra que muita coisa ainda tem que ser feita.

Por: Maurilio Trindade Junior

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg