• A Folha do Vale - Jornal e Site

Governador debate renegociação da dívida com Michel Temer


O governador Pedro Taques se reuniu com o presidente em exercício, Michel Temer, em Brasília, para debater a renegociação da dívida de Mato Grosso com a União. O encontro foi realizado na manhã desta quarta-feira (01.06).


Durante o encontro com o presidente, Taques afirmou que Mato Grosso é um dos estados que mais contribui para a União, sendo responsável por um superávit na balança comercial de aproximadamente 13 bilhões de dólares, mas que para continuar crescendo precisa da ajuda do Governo Federal, com investimentos em diversas áreas. “Precisamos da ajuda da União em infraestrutura e resolver obras inacabadas da copa do mundo, como no caso do VLT (Veículo Leve sobre Trilho)”.


Segundo o governador, a principal pauta da reunião foi o “superendividamento” dos estados com a União. “Não é possível que os estados membros continuem sendo departamentos da União Federal. Nós precisamos ter uma Federação que seja uma Federação correta, em que as unidades parciais tenham autonomia”.


Para ter esta autonomia, o governador cobrou que o Governo Federal realize o seu ajuste fiscal, a exemplo de Mato Grosso, e não funcione como um “agiota” na dívida com os estados, pois o que precisa ser feito é uma renegociação da dívida com todos os estados.


De acordo com o governador, os casos precisam ser analisados de maneira individual. “Reconhecemos o esforço dos vários governadores em fazer um ajuste fiscal para que os estados possam contribuir. Agora, nós não podemos tratar todos os estados na mesma forma nesta renegociação da dívida”.


Segundo Taques também será necessário um tempo de carência de um a dois anos para que os estados tenham um espaço orçamentário e façam investimentos em infraestrutura, criando mais empregos. “Temos 12 milhões de desempregados no Brasil e não diminuiremos este número sem ajuda dos estados. E nós, governadores, não aguentamos mais pagar dívidas e nos transformarmos em síndicos de uma massa que está falida”.


Conforme Taques, nesta quarta-feira, todos os secretários de fazenda das unidades da federação estão reunidos com o Ministério da Fazenda e a Secretaria do Tesouro Nacional e na próxima semana o presidente Michel Temer deverá se encontrar com todos os governadores para debater a questão. “A União não vai resolver os problemas do desemprego, do seu déficit sem que os estados estejam juntos. E para isso os estados precisam dessa renegociação”.


O chefe do Executivo estadual também levou questões específicas de Mato Grosso para o encontro, que contou com a presença do senador José Medeiros, dos deputados federais Nilson Leitão, Fábio Garcia, Adilton Sachetti, Ezequiel Fonseca, Victorio Galli e José Curvo (Tampinha), e deputados estaduais Dilmar Dal Bosco, Baiano Filho e Wilson Santos.


Por: Gustavo Nascimento

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg