• Rodrigo Vargas/Lisânia Ghisi

Forças de segurança do Estado se reúnem desde a madrugada


Quatorze pessoas já estão presas em Mato Grosso e operação segue em andamento


O governador Pedro Taques se reuniu na madrugada deste sábado (11.06), com o comando das forças de segurança de Mato Grosso para tratar sobre a operação integrada contra os ataques criminosos ocorridos na noite de sexta-feira (10.06). Uma nova reunião segue em andamento desde o início da manhã deste sábado (11.06), na sede do Governo, no Palácio Paiaguás.


Até o momento, 14 pessoas foram presas, sendo 10 em Cuiabá e Várzea Grande, e outras quatro em Primavera do Leste, onde foram queimadas uma viatura desativada da Polícia Militar e um veículo utilitário.


Na reunião desta madrugada, realizada em frente à sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp), Taques destacou o trabalho desenvolvido pelos servidores. “Estamos todos juntos. Tenho total confiança na capacidade das nossas forças em fazer frente a esta situação. Outros estados já vivenciaram isso. Mato Grosso já enfrentou uma situação semelhante no passado. Vamos vencer. O importante é que demos uma resposta forte e rápida”, destacou Taques.


O secretário de Justiça e Direitos Humanos, Márcio Dorileo, também participou da reunião e garantiu que a atuação do Governo tem sido integrada. “Temos um processo de greve, mas estamos atuando de forma integrada com as forças de segurança, mantendo as unidades de segurança dentro dos nossos estabelecimentos penais e trabalhando em conjunto com a nossa inteligência para a contenção de eventuais movimentações ou instabilidades dentro das nossas unidades penais”.


Operação integrada


Para combater os ataques criminosos, todas as unidades especializadas foram mobilizadas. Mais de 100 viaturas percorrem as ruas e avenidas de Cuiabá e Várzea Grande, com o apoio do Centro Integrado de Operações Aéreas (Ciopaer). Setores de inteligência das forças de segurança também estão atuando desde o início da noite desta sexta-feira. Na sede da Secretaria de Estado de Segurança Pública (Sesp) foi montado um gabinete de crise.


Por: Rodrigo Vargas/ Lisânia Ghisi

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg