• Marcio Camilo

Campeonato de futsal une pessoas com deficiência em Cuiabá

Objetivo é criar mais espaços para a prática de esporte e lazer para pessoas com deficiência

data:image/gif;base64,R0lGODlhAQABAPABAP///wAAACH5BAEKAAAALAAAAAABAAEAAAICRAEAOw==

O ginásio Aecim Tocantins, em Cuiabá, recebeu na manhã deste sábado (09.07) o Segundo Campeonato de Futsal de Surdos da capital. A competição conta com o apoio da Secretaria Adjunta de Esportes e Lazer (Sael-MT).


Conforme o vice-presidente da Associação dos Surdos de Cuiabá, Hélio Domilide, o objetivo do evento é promover a união entre as pessoas com deficiência. “Queremos ser reconhecidos e ter mais oportunidades e espaços para praticar esporte”, destacou. Para se comunicar com a reportagem ele contou com o auxílio da tradutora de sinais, Jane Oliveira.


Domilide ressaltou o apoio do Estado para o evento, mas ponderou que é preciso mais políticas públicas de incentivo ao paradesporto. “Temos muitas dificuldades de espaços para desenvolvermos as atividades da associação”, gesticulou.


O segundo campeonato de futsal de surdos de Cuiabá conta com oito times. A equipe campeã ganha um passeio turístico, enquanto a vice-campeã e a terceira colocada ganham um churrasco.


A Secretaria Adjunta de Esportes e lazer apoiou o evento disponibilizando dormitórios aos atletas e também o ginásio Aecim Tocantins.


Políticas públicas


Conforme o Secretário Adjunto de Esportes e Lazer, Pedro Luiz Sinohara, O Estado tem investido no paradesporto, não focando apenas no esporte de alto rendimento. “As pessoas com deficiência não querem caridade e sim oportunidades para praticar o seu esporte. E esse governo esta promovendo um incentivo que antes não havia, com bastante ênfase para o esporte da diversidade (idosos, indígenas, quilombolas, comunidade LGBT, e pessoas com deficiência)”, enfatizou o gestor.


Seguindo a mesma linha de raciocínio, o Secretário Adjunto de Promoção dos Diretos das Pessoas com Deficiência de Mato Grosso da Casa Civil, Marcione Mendes, reforçou que o governo elabora a política pública estadual dos diretos das pessoas com deficiência.


Essa trabalho é realizado por 19 secretarias, mais a sociedade civil organizada. O plano vai atender pessoas com deficiência em áreas como saúde, educação, esporte e lazer. “De resultados práticos nós já realizamos a primeira semana estadual da pessoa com deficiência, que contou com diversas atividades recreativas e debates em torno da causa”, mencionou.


Por: Marcio Camilo

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque