• Viviane Saggin

Estudante de Colíder é eleita Jovem Senadora 2016


Outros dois alunos mato-grossenses foram selecionados como suplentes.


A adolescente Eduarda Judith Dias Jacome Silva, de 17 anos, da Escola Estadual Desembargador Milton Armando Pompeu de Barros, no município de Colíder, representará Mato Grosso na edição 2016 do Programa Jovem Senador. Estudante do 3º ano, ela concorreu com outros 24 finalistas na etapa estadual, que enviaram as redações para participar do concurso.


Com a vitória, a garota fará parte da delegação de 27 alunos de ensino médio de escolas públicas estaduais, um de cada unidade da federação, que irão a Brasília (DF) no mês de novembro para atuar como parlamentares por quatro dias. Eles serão empossados, elegerão uma Mesa Diretora e discutirão propostas de autoria própria, que poderão virar projetos de lei no Senado.


Coordenadora do Programa em Mato Grosso, a técnica da Secretaria de Estado de Educação, Esporte e Lazer (Seduc-MT), Telma Regina Peres, relata que o Jovem Senador tem como objetivo proporcionar aos alunos do ensino médio conhecimento acerca da estrutura e do funcionamento do Poder Legislativo no Brasil, bem como estimular o relacionamento permanente dos jovens cidadãos com o Senado Federal.


De acordo com ela, a iniciativa proporciona oportunidades únicas e bem-vindas na formação dos jovens no Brasil. “Como o tema da redação é diferente a cada ano, a iniciativa faz com que esses jovens coloquem no papel seus anseios de ver uma sociedade mais justa e de grandes possibilidades, de discutir ideias, projetos e formar o conceito sobre a política”, avalia.


Telma explica que o processo seletivo começa nas escolas e cabe à unidade selecionar um texto para enviar à Secretaria de Educação, que escolhe três finalistas. “Uma comissão do Senado elege os 27 vencedores”.


Esporte como ferramenta social


O tema da redação escolhido para este ano foi o esporte, sob inspiração dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos do Rio de Janeiro. Em seu texto, denominado “O esporte como ferramenta social”, Eduarda aponta que a prática esportiva é um eficiente meio de inclusão social e que assume um papel transformador na educação. “Por meio das práticas esportivas são desenvolvidas habilidades como o raciocínio lógico, concentração e compreensão de linguagens”.


A jovem argumenta ainda que é preciso ampliar projetos que mudem a visão do esporte como mera atividade recreativa e o tratem como peça fundamental na sociedade moderna, como palestras nos centros educacionais que incentivem e ressaltem sua importância. “É necessária a abertura de novas modalidades esportivas nas escolas para que haja identificação de todos”, frisa.


Sobre a seleção para o Programa, Eduarda diz que se surpreendeu com a notícia, pois não esperava ficar em primeiro lugar no estado. “Fiquei muito feliz pela conquista, ainda mais quando vi a reação dos meus pais, que ficaram muito orgulhosos. Não tenho palavras que descrevam com fidelidade essa sensação de surpresa e felicidade”, relata.


Sobre a experiência em Brasília, ela confessa estar muito ansiosa para conhecer e presenciar o funcionamento da política. “Quero honrar o mérito de representar o meu estado e adquirir novos conhecimentos”, garante.


Sobre o futuro, Eduarda conta que pretende começar a faculdade o quanto antes. Por gostar muito da área de exatas, quer cursar Engenharia Civil. “Estou me empenhando bastante para conseguir esse objetivo”, sustenta a jovem que, além de estudar, é estagiária na Caixa Econômica Federal, desde janeiro de 2015. “O estágio me proporcionou muita experiência e satisfação por estar em uma instituição tão importante”, conclui.


Orientadora


A professora de redação e orientadora da Eduarda, Cintia Zocalotto, fala sobre o desafio de inscrever, orientar e acompanhar os alunos em todas as etapas do processo do Programa Jovem Senador. “Sempre falo que é preciso conhecer o gênero textual Dissertativo/Argumentativo, que tem como principais características a apresentação de um raciocínio, a defesa de um ponto de vista ou o questionamento de uma determinada realidade”, comenta a educadora, ressaltando que é importante um bom argumento, consistência e originalidade no texto.


Ela complementa que sempre orienta os jovens a pesquisar, a aprender a citar autores e especialistas, ler e se informar. “Desde 2011, quando iniciei o trabalho no ensino médio, incentivo os alunos a participarem do programa. Em 2015, fomos finalistas e neste ano, temos alegria de ter uma aluna da escola vencedora”, comemora.


Para Cintia, o texto vencedor é resultado de um trabalho de cerca de seis meses envolvendo leitura, pesquisa e produção textual. “A Eduarda é uma estudante excepcional, que coleciona notas 10, domina a língua e a norma culta”.


A professora, que acompanhará a pupila na viagem a Brasília, fala sobre a expectativa e está confiante no desempenho da menina. “Estou tranquila e sei que ela representará muito bem Mato Grosso. Eduarda tem um pensamento crítico, é argumentativa, domina vários assuntos e será capaz de relacionar e discutir qualquer assunto que estiver em pauta no parlamento”, acredita.


Suplentes


Outros dois estudantes mato-grossenses foram selecionados como suplentes. Em 2º lugar ficou o estudante José Reinaldo da Silva, da Escola Estadual São José do Rio Claro, no município de São José do Rio Claro, com a redação “O esporte como agente de transformação social”.


Em 3º lugar, está a estudante Amanda Angeli de Lima, da Escola Estadual André Antônio Maggi, no município de Ipiranga do Norte, com a redação “O esporte como bem social”.


O programa


O Programa Jovem Senador é realizado anualmente e proporciona aos estudantes do ensino médio das escolas públicas estaduais e do Distrito Federal a experiência de aprender como funciona o Poder Legislativo no Brasil. Para isso, exige-se apenas que ele tenha até 19 anos.


A iniciativa conta com a parceria do Ministério da Educação (MEC), do Conselho Nacional de Secretários de Educação (Consed) e o apoio das Secretarias de Educação dos estados e do Distrito Federal.


Em 2016, o Jovem Senador mobilizou mais de 113.880 estudantes, que enviaram redações, além de 7.525 professores orientadores.


Para conhecer todo os vencedores da edição 2016, acesse https://www12.senado.leg.br/jovemsenador/pesquisajovem.


Por: Viviane Saggin

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg