• A Folha do Vale - Jornal e Site

Encontro debate ações para combate ao crime organizado e inteligência integrada


A fim de promover um trabalho conjunto entre os Estados e agrupar ideias para o lançamento do Programa Nacional de Segurança Pública, o secretário de Justiça e Direitos Humanos de Mato Grosso, defensor público Márcio Dorilêo participou do encontro “Ações de Combate ao Crime Organizado e Inteligência Integrada”. O evento ocorreu nesta terça-feira (08.11), na sede do Governo paulista, em São Paulo (SP).


O evento reuniu representantes de 26 estados e Distrito Federal. Entre eles, o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes, e o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin. "É muito importante esse trabalho porque não tem segurança se não tiver um bom sistema penitenciário", disse Alckmin. "Essa inteligência, com troca de informações e integração entre os Estados, é fundamental", concluiu o governador.


Durante o encontro, foram discutidas questões que envolvem políticas penitenciárias e criminais e pontuados os problemas fundamentais na área de justiça, cidadania e direitos humanos, fortalecendo o intercâmbio de ideias em âmbito nacional. "Com essa reunião, daremos sequência à nossa proposta de cooperação em segurança pública", afirmou o ministro da Justiça, Alexandre de Moraes. "Tanto no combate à redução de homicídio, como segurança contra a mulher e racionalização do sistema penitenciário", completou.


Ainda de acordo com o ministro, serão discutidas, antes do lançamento do Programa Nacional de Segurança Pública, medidas que devem ser adotadas nas fronteiras para combater os crimes transnacionais.


O titular da Secretaria de Estado de Justiça e Direitos Humanos (Sejudh-MT) destaca que encontros como este são de grande valia para o aperfeiçoamento dos sistemas de segurança penitenciária, bem como para as ações voltadas à garantia dos direitos humanos. "A troca de experiências e o conhecimento de ações desenvolvidas nestas áreas, por outros Estados, servem de exemplo para que possamos aprimorar nossas ferramentas de segurança", afirmou Márcio Dorilêo.


Novo sistema


Depois do encontro, os representantes conheceram a nova cela adotada por mais de 60 presídios do estado de São Paulo. Totalmente automatizada, ela potencializa a segurança penitenciária.

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque