• Elizandra Trindade

Secretária de Assistência Social de Porto dos Gaúchos articula ações para o avanço da comunidade




Em um país onde as desigualdades sociais estão escancaradas publicamente e divulgadas internacionalmente, fica evidente a importância de trabalhos planejados pelas secretárias de assistência social dos municípios, com a função de tentar equilibrar esse sistema onde sempre um lado jaz esquecido, abandonado, humilhado e subjugado. Os programas sociais são fundamentais para auxiliar diversas famílias carentes desde o princípio da composição, dando maior oportunidade para jovens, crianças, idosos, mulheres e homens que procuram por alternativas de sobrevivência num sistema onde a corrupção devasta a vida de muitos. Mas, em verdade, se analisarmos atentamente os acontecimentos diários veremos que a corrupção é muito abrangente e nem se restringe somente aos atos de nossos representantes políticos que juram em períodos de campanha criar projetos, leis para beneficiar o povo menos favorecido, contudo quando chegam ao poder pervertem completamente suas ações e decisões para contribuir com a construção de uma sociedade justa e equilibrada.


Diante disso, verificamos como o ser humano quando egoísta pode destruir a si mesmo e ajudar a devastar tudo ao seu entorno, inclusive o próprios planeta e os outros animais irracionais que nele habitam, e infelizmente se deixarmos de fazer uma doutrinação educacional pessoal, corremos o risco de acabar igual aos que tanto julgamos e condenamos quando assistimos na televisão, ouvimos nas rádios ou lemos em sites de notícias. Por isso, é importante que cada cidadão faça sua parte no local onde reside, mesmo que precise nadar contra a correnteza da ganância humana e das ilusões, pois como se diz sabiamente uma única vela acessa faz muita diferença num lugar onde predomina a escuridão extrema.


A assistência social do município de Porto dos Gaúchos tem em seu cronograma ações que vão contribuir com o desenvolvimento pessoal e fazer com que haja melhor entendimento entre as pessoas da comunidade, independentemente da idade, posição social, etnia, sexo e religião assumida. A secretária Ângela Piovesan, responsável pela administração de ações sociais benéficas ao avanço coletivo esclareceu sobre as tarefas realizadas para fortalecer vínculos e proporcionar condições aos que precisam da ajuda do poder executivo.


“Atualmente temos o grupo de serviço de convivência e fortalecimento de vínculo no município que abrange crianças, adolescentes e idosos. Durante a semana crianças participam das atividades, por isso fiz questão de começar antes das aulas porque é o tempo onde as crianças ficam mais ociosas. Com isso podem fazer alguma atividade extra e estarem aprendendo, principalmente sobre boa convivência, todo mês é trabalhado tema diferente, oportunizando uma aprendizagem variada, por meio de palestras significativas. Fazemos muitas brincadeiras também e servimos um ótimo lanche”.


Além do atendimento na cidade, a secretária narrou detalhadamente as diversas atividades feitas pelo grupo de trabalho da secretária com o intuito de valorizar a 3ª Idade na Comunidade, deixando a data dos encontros para quem desejar estar acompanhando, ou agindo ativamente.


“O grupo da terceira idade se reúne toda quarta-feira não só no município como na comunidade da São João, onde há um grupo de uns 25 idosos participando assiduamente toda quarta-feira, fazem lanche, brincam e se exercitam. No município, na sede de Porto dos Gaúchos estamos com um grupo aproximado de sessenta pessoas, e comemoramos com esse grupo da terceira idade, o carnaval, dia das mães, dia dos pais, dia internacional da mulher, todas as datas comemorativas são celebradas com a terceira idade. Então contamos com um calendário de atividades variadas para estar desenvolvendo no decorrer do ano com crianças, adolescentes e também com a melhor idade”.


Quanto as atividades físicas desenvolvidas na cidade e na comunidade de Novo Paraná afirmou que “O grupo de Zumba, que é a ginástica realizada toda segunda, quarta e sexta-feira é formado por um número de mulheres que buscam a melhora da saúde física, e isso é ótimo, então temos também a instrutora nossa que é a Janete, a qual além de fazer aula de zumba e de ginástica na cidade, vai no Novo Paraná, onde existe outro grupo ativo. Procuramos fazer um trabalho que envolva a cidade e as comunidades rurais, abrangendo todo o município sem deixa ninguém de fora”.


É fundamental também haver ações fomentando a obtenção de novos conhecimentos, por isso numa parceria conjunta dentro do município, será possível ofertar cursos para os munícipes durante o mês de março e abril.


“Em março, felizmente teremos uma agenda bem extensiva com relação aos cursos do SENAR (Serviço Nacional de Aprendizagem Rural) em parceria com o Sindicato, SINDPORTO, Prefeitura e Assistência Social, sendo realizado cinco cursos de grande importância para que as pessoas participem e se capacitem, a capacitação é muito importante, e por isso sempre buscamos consolidar parcerias para que seja executado cursos no município”.


Na ocasião a secretária de assistência social comentou sobre o funcionamento dos programas sociais dentro do município para atender as necessidades das famílias carentes e a importância dos recursos destinados pelo Governo Federal.


“O convênio com o Governo Federal dentro da secretária de assistência social é para desenvolvermos o serviço de convivência e fortalecimento de vínculo, capacitação de famílias que fazem parte do cadastro único. Fazemos um acompanhamento e oferecemos cursos, porque o cadastro único que vem desenvolver o Bolsa Família no município. É também o Cadastro Único a porta de entrada para outros benefícios, as regra para receber bolsa família estão sendo bem acompanhadas porque o governo quer parar de mandar recursos as famílias que já nem possuem necessidade do auxílio financeiro e é o que está acontecendo, estão fazendo um arrastão para conseguir detectar as irregularidades e dessa forma eles estão diminuindo, não diminuindo valores, mas, eles estão tirando da lista algumas famílias que não se enquadram mais nas regas, isso é um fato que vem acontecendo, não apenas no município de Porto mas em várias cidades. Quanto a outros auxílios, a secretaria juntamente com o apoio da prefeitura está desenvolvendo ações sociais diversas e conseguindo atender com tranquilidade as famílias que realmente precisam”.


No final de diálogo, Ângela Piovesan destacou os cursos que serão ofertados para a população, a data da realização e a carga horária programada.


“Um dos cursos é de confecção de vestuário básico feminino, com 40h, vai começar no dia 6 de março, terá o curso de jardinagem, também será de 40h, tendo início no dia 07 de março, curso de produção caseira de conservas e frutas que será de 24h e vai começar no dia 08 de março, haverá também curso sobre a produção de conserva e hortaliça, também será 24h e vai começar no 22 de março, curso de produção e derivados do leite que será no dia 27 de março, com carga horária de 40h e um curso de produção caseira de derivado de milho que vai acontecer no dia 03 de abril”.


Por: Elizandra Trindade

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg