• Maurilio Trindade Aun

Administração Municipal de Juara está Muito Eficiente e Câmara Ineficiente


Prefeita do Mensalinho mostra 'seriedade' em 'Serviço prol a Juara'

Devemos sempre lembrar da ex-deputada Luciane Bezerra (PSB) que de acordo com delação premiada de Silval Barbosa, Silvio Cezar Correa Araújo e Pedro Nadaf a mesma recebia mensalinho, fato que ficou mais evidente na gravação de vídeo, onde outros “libados” deputados aparecem “roubando” os recursos públicos, pois em vez de fiscalizar, somente faziam “jogo de cena”, de oposição, enquanto na realidade “surrupiavam” os recursos públicos, mas claro, jamais vão confessar o “roubo” praticado contra o erário público.

Mas enquanto prefeita, Luciane Bezerra vem mostrando que entende “dos esquemas”, pois de modo “eficiente” vem dando trabalho ao Ministério Público de Juara, pois já são mais de 11 inquéritos de suspeitas de fraude em licitações em 10 meses de administração.


Sabe aquela denúncia que o Ministério Público fez da empresa V.F. de Souza Fotografia- ME. Onde um “grupo” da atual administração acompanhado da prefeita são acusados de promoverem dispensa indevida de procedimento licitatório para a contratação direta de empresa de agência de publicidade? Pois é, a Justiça acolheu pedido liminar efetuado pelo Ministério Público do Estado de Mato Grosso e decretou a indisponibilidade de bens da prefeita de Juara, Luciane Bezerra, no valor de R$ 180 mil.


Além dela, também tiveram os bens bloqueados, solidariamente, o chefe de gabinete da Prefeitura Municipal, Antônio Batista da Mota, a empresa V.F de Souza Fotografia – ME e seu proprietário, Valdeir Francisco de Souza.


Claro, parece que até o momento da apresentação da ação ainda nem era do conhecimento que a empresa teve a atual prefeita e o atual deputado Oscar Bezerra como possíveis “progenitores” da empresa, portanto, muito natural a empresa ser agraciada com um “jeitinho” brasileiro para “prestar serviços” para a atual administração.


Somente a situação da empresa citada já seria suficiente para afastar a atual prefeita do cargo e pelo menos investigarem a mesma pela Câmara Municipal, pois uma das funções dos vereadores é fiscalizar, mas até nisso a prefeita está sendo eficiente em levar os vereadores na “lábia”, ou será que tem “outros” benefícios do poder executivo para alguns vereadores que impedem os mesmos a tomarem posição implacável de combate a corrupção em Juara?


Obviamente perguntar nem ofende, e por outro lado, muitos da população pensam algo meio parecido com isso, de alguns vereadores, pelo motivo da câmara nem ter tomado providências algumas, mais com certeza os vereadores deverão tomar as medidas necessárias e mostrar que de fato fiscalizam e combatem a corrupção.


O interessante, é que um “passarinho” nos informou que nos 12 inquéritos abertos no Ministério Público de Juara, o da “Agência Laranja” é “peixe” pequeno, tem fatos muito mais graves em possíveis fraudes de licitações em Juara, mostrando que a atual administração é eficiente em possivelmente “ajeitar adequadamente” várias empresas naquele “jeitinho” brasileiro, para “prestar um ótimo” trabalho ao erário municipal.


Na realidade, é triste o que acontece em nosso país, pois o governo federal é acusado pelo Ministério Público Federal, mas enquanto isso, o atual presidente e alguns ministros “compram e negociam deputados” para nem serem investigados, por outro lado, no senado, tem senadores apoiando e defendendo senadores denunciados e pegos pedindo propinas, ou seja, corruptos mesmos.


Aqui em Mato Grosso temos a maioria dos deputados delatados por Silval Barbosa, Riva e outros, mas continuam nos cargos, se escondendo atrás de imunidade parlamentar para ficarem livres e até livrar “companheiro” da cadeia, acontece que a imunidade parlamentar é para trabalhar e defender o mesmo no trabalho digno e honesto do parlamentar, mas a imunidade parlamentar em qualquer esferas dos poderes legislativos em hipótese alguma deveriam serem usados para defesa de corruptos, bandidos e marginais que se apossam ou se apossaram do estado, e vem delapidando os recursos públicos.


Isso é um verdadeiro escárnio com a população que realmente trabalha neste país, ver tantos “marginais” disfarçados de políticos e usando o estado e as leis para roubar os recursos públicos, sendo que muitos ou maioria dizem ainda acreditar em Deus e que combatem a corrupção.


Portanto, a situação a nível municipal parece semelhante, pois muitos destes ou a maioria que aparecem hoje envolvidos até o pescoço em corrupção foram às ruas na época em que o PT estava no governo federal, dizendo combater a corrupção, mas na verdade queriam apenas tirarem “concorrentes” do caminho, ou eles estavam atrapalhando ou ambos os casos, mas o que importa deixar claro é que apesar de tantas prisões e delações a nível federal, estadual e municipal, a corrupção aumentou em vez de diminuir.


Onde foram parar aqueles que se diziam estarem cansados de corrupção e foram as ruas? Ora todos “puxados” e manipulados por outros corruptos que os usaram para os seus interesses, pois caso contrário continuariam batendo panelas e estavam nas ruas pedindo afastamento de presidente, senadores, deputados federais, deputados estaduais, governadores e prefeitos acusados de corrupção ou investigados, pois qualquer pessoa investigada em possíveis desvios de recursos públicos nem devia exercer um cargo ou função pública, mas claro, isso se fosse um país sério.


Por: Maurilio Trindade Aun

Crédito/ foto: Assessoria de Comunicação

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4