• Fábio Oliva

Índice de Percepção de Corrupção 2015: Brasil cai 5 pontos


2015 mostrou que as pessoas que trabalham em conjunto podem ter sucesso na batalha contra a corrupção. Embora a corrupção ainda cresça no mundo, mais países melhoraram seus resultados na edição de 2015 do Índice de Percepção da Corrupção da Transparência Internacional.

Não foi o que ocorreu com o Brasil. O país apresentou o maior declínio no índice, caindo 5 pontos e saltando para a posição 76 numa escala de 0 a 100. O escândalo Petrobras e seus desdobramentos levaram as pessoas às ruas em 2015 e os processos judiciais decorrentes da Operação Lava Jato podem ajudar o Brasil a deter a corrupção, na avaliação da Transparência Internacional.

No geral, dois terços dos 168 países pesquisados para elaboração do índice de 2015 marcaram abaixo de 50, em uma escala de 0 (percebidos como altamente corruptos) a 100 (percebido como menos corruptos).

No entanto, em lugares como Guatemala, Sri Lanka e Gana, cidadãos ativistas, atuando em grupos, obtiveram bons resultados. Eles conseguiram que vários corruptos fossem demitidos de seus postos de trabalho, enviando uma forte mensagem que deve incentivar outros ativistas a tomarem medidas idênticas em 2016.

“A corrupção pode ser derrotada se trabalharmos juntos. Os cidadãos devem, juntos, dizer aos seus governos que eles tiveram tempo suficiente para acabar com o abuso do poder, corrupção e lançar luz sobre acordos secretos”.

O Índice de Percepção da Corrupção 2015, divulgado pela Transparência Internacional, mostra claramente que a corrupção continua a ser um flagelo em todo o mundo. “Mas em 2015 foi também um ano em que as pessoas novamente tomaram as ruas para protestar contra a corrupção. Pessoas de todo o mundo enviaram um sinal forte para quem está no poder: é hora de enfrentar a grande corrupção”, disse José Ugaz, presidente da Transparência Internacional.

“A grande corrupção e o abuso do poder de alto nível beneficiam poucos em detrimento de muitos, e causam um prejuízo grave e generalizado para os indivíduos e a sociedade, mas muitas vezes, ficam impunes”, de acordo com a Transparência Internacional.

Este ano a Transparência Internacional está convidando todas as pessoas a agir, votando em unmaskthecorrupt.org (desmascarar os corruptos.org). “Queremos saber quais casos o público acredita que mereça atenção urgente para enviar uma mensagem de que vamos tomar posição contra a grande corrupção”, enfatiza a Transparência Internacional.

RESULTADOS

O Índice de Percepção de Corrupção 2015 abrange a percepção de corrupção no setor público em 168 países.

Dinamarca ficou em primeiro lugar pelo segundo ano consecutivo. É considerado o país menos corrupto do mundo. Coreia do Norte e Somália tiveram os piores desempenhos, marcando apenas oito pontos cada. São considerados os países mais corruptos do mundo.

Os países com melhor desempenho no índice têm algumas características fundamentais em comum: altos níveis de liberdade de imprensa; o acesso a informações orçamentárias para que o público saiba de onde o dinheiro vem e como ele é gasto; altos níveis de integridade entre as pessoas no poder; e judiciários que não diferenciam entre ricos e pobres, e que são verdadeiramente independentes do governo.

Os países mais corruptos do mundo também têm características em comum: conflitos e guerras, má governação, instituições públicas fracas como a polícia e o judiciário, e falta de independência da mídia.

Os países que mais declinaram no índice nos últimos 4 anos são a Líbia, Austrália, Brasil, Espanha e Turquia. Entre os que melhoraram a sua posição estão à Grécia, Senegal e Reino Unido.

O Índice de Percepção da Corrupção é baseado em opiniões de especialistas de corrupção no setor público. Países com melhor colocação no índice apresentam governos abertos, onde o público pode responsabilizar os líderes pela má gestão, enquanto países com menor pontuação apresentam sinais de suborno prevalente, além da falta de punição para a corrupção e instituições públicas como a polícia e o judiciário que não respondem às necessidades do cidadão.

Por: Fábio Oliva

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/3