• A Folha do Vale - Jornal e Site

Sinais existentes no veículo que indicam cautela com viagens


Seja pela autonomia, pela liberdade de ir e vir, pela facilidade e por questões econômicas muitos quando vão viajar ou tirar férias optam em ir com veículos ‘baixos’.

Diante isto é ideal ao condutor ater-se a alguns ‘cuidados’ básicos quando ao veículo que conduzirá - quer seja um veículo próprio, empresarial ou alugado, garantindo de forma consciente que o bem estar e a segurança estão primeiro lugar.

1) Pneu careca ou com bolha O pneus garantem ‘estabilidade’ e uma certa segurança na condução do veículo, por isto se constatar que o pneu do veiculo esta carreca, ou com bolhas, o ideal é proceder a troca do(s) pneus antes de ‘pegar a estrada’, evitando assim infortúnios no decorrer da viagem.


2) Pedal do freio baixo, borrachudo, duro, ruidoso ou estalando Estes sinais indicam desgaste ou problema em alguma peça do circuito hidráulico. Descer uma serra por exemplo, é um momento de grande exigência de todo o sistema de freio, o aquecimento é intenso e, se alguma coisa estava ruim, pode ter a certeza que ficará pior.


3) Vazamento de água Isso interrompe a viagem de muita gente, é só olhar os carros com capô aberto na subida da serra. Às vezes, uma mangueira superior do radiador (R$30,00) ou uma válvula termostática (R$90,00) estragam a viagem de todo mundo, e pior, você vai gastar R$ 350 de guincho mais R$ 1.500 para retificar o cabeçote do motor, que pode empenar.


4) Vazamento de óleo pode travar o motor Desculpe a sinceridade, se você tem completado o óleo do motor a cada quinze dias ou tem uma poça enorme de óleo no chão de sua garagem, seu motor já está na UTI pronto para fundir. Se forem pequenos vazamentos, ainda dá para reparar colocar as malas dentro do carro.


6) Ruído ao esterçar a direção hidráulica Toda direção hidráulica faz um pequeno ruído no final de curso, é normal, agora ruído no meio do curso é problema no sistema, pode ser falta de óleo hidráulico, correia poly V patinando ou mesmo a bomba da direção que está desgastada. Direção mais dura para um lado do que para outro, ou quando você sente um calo (um ponto mais duro) ao esterçar também é motivo para visitar o mecânico.


7) Luz da injeção acesa É um sinal de alerta de que algum sensor da injeção está com defeito ou que alguma coisa relacionada a injeção de combustível não vai bem, ir para estrada desse jeito é uma “roleta russa” além do risco de ficar parado na estrada o consumo de combustível aumenta muito.


8) Marcador de combustível com defeito Troca essa boia do tanque!! Nunca se sabe o trânsito que vai ter pela frente, o simples fato de fazer sol já é suficiente para entupir a estrada e aumentar muito o consumo.

9) Farol ou lanternas queimadas Nem pensar, os outros motoristas precisam te ver e saber aonde você está indo!.É questão de segurança e respeito à vida.


10) Correia dentada do motor Esse item dura três anos ou 50.000 km. As retomadas para ultrapassagem na estrada exigem um esforço muito grande dessa correia, se ela quebrar com o motor em alta rotação, o motor do veículo vai embora. Aproveita e dê uma olhada na correia serpentina, ou correia de serviço, ela também um vilão dos desavisados.

Redação - Dicas ao Condutor

Agenda Digital de Juara

Setor Automotivo


Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4