top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Viver em locais com mais verde pode beneficiar a memória de crianças


Crianças que vivem em bairros arborizados, com maior presença da natureza, tem uma melhor memória de trabalho – que está ligada ao desempenho cognitivo e permite o armazenamento temporário de informação com capacidade limitada – de acordo com um estudo publicado no periódico British Journal of Educational Psychology.


Para chegar aos resultados, os cientistas recrutaram 4.758 crianças de 11 anos que viviam em áreas urbanas na Inglaterra, e a partir de testes, puderam analisar que uma menor quantidade de espaço verde na vizinhança estava relacionada à uma pior memória dos participantes – relação mantida independentemente do nível econômico do bairro.


"Nossas descobertas sugerem um papel positivo dos espaços verdes no funcionamento cognitivo. A memória é uma importante habilidade cognitiva que está fortemente relacionada com o desempenho acadêmico na infância", disse Eirini Flouri, um dos pesquisadores responsáveis pela análise.


"Se a associação que estabelecemos entre o espaço verde da vizinhança e a memória de trabalho das crianças é causal, então nossas descobertas podem ser usadas para decisões sobre educação e planejamento urbano."

P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page