top of page
Divulgação Pronac 2316326.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
Guia Digital da Cidade_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

GUPET.jpg
  • Thaís Matos

Remédios têm resultados positivos em pesquisas para o tratamento do coronavírus


Medicamento usado contra a malária há quase 100 anos e outros sem aprovação no Brasil estão entre os mais promissores após testes.


Quatro medicamentos apresentaram resultados positivos – mas ainda preliminares – em pesquisas científicas no tratamento da Covid-19, doença causada pelo coronavírus. Esses remédios atuam em diferentes estágios de contaminação das células. São eles:


  • Cloroquina

  • Remdesivir

  • Lopinavir/Ritonavir

  • Favipiravir


No entanto, a automedicação não é recomendada, uma vez que as pesquisas não foram totalmente concluídas e ainda não se sabe se há efeitos colaterais do uso por pacientes infectados com o coronavírus.



O estudo sobre o Favipiravir foi divulgado nesta quarta-feira (18) – ele é vendido comercialmente no Japão com o nome de Avigan. Foi desenvolvido pela empresa Toyama Chemical, do grupo Fujifilm, e é usado há mais de 5 anos contra a Influenza. O uso é liberado apenas no Japão.


O remédio está sendo testado apenas em laboratórios fora do país. Consultada, a Anvisa informou que não existe pedido de registro ou mesmo de pesquisa clínica envolvendo o produto no Brasil.


O Remdesivir também não tem uso liberado no mundo, e ainda está em fase de testes clínicos. Já a Cloroquina e o Lopinavir/Ritonavir são remédios com uso já consolidado no mercado, inclusive no Brasil, mas destinados para o tratamento de outras doenças.


Nesta quarta (19), o presidente americano Donald Trump ordenou que a entidade reguladora de medicamentos do país (FDA) deve acelerar o processo de aprovação de potenciais terapias que tenham efeito contra a Covid-19 e citou o Remdesivir e a Cloroquina.



bottom of page