top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Aos 97 anos ela aproveitou a quarentena para começar canal de culinária no Youtube


O mundo contemporâneo é caracterizado pela velocidade e produtividade a qualquer custo, o que faz com que muita gente acabe escolhendo suas profissão, sem ao menos saber o que gosta. Entre as muitas coisas que a quarentena vem ressignificando, está a relação com nossos próprios talentos. Enquanto algumas pessoas decidiram mudar de profissão ou começar a escrever um livro, a americana Lucy Pollock – de 97 anos, aproveitou o isolamento social para criar um canal de culinária no Youtube – o Nona Cocina.


Baseada na cidade de Latrobe, tudo começou com uma live no Facebook, como uma maneira de se conectar com alguns amigos distantes. No entanto, poucos dias depois sua filha – Mary Ellen Raneri aceitou a sugestão de uma amiga e decidiu criar um canal para que ela pudesse compartilhar o conhecimento culinário de sua mãe, excelente cozinheira.

No primeiro vídeo, a senhorinha ensinou o público a fazer bolos de páscoa. Surpresa com o sucesso imediato, na semana seguinte, ela e sua filha voltaram ao Facebook para fazer bolinhos de nozes.

Sem o menor pudor frente às câmeras, sua maior preocupação não é com a fama, mas sim com a qualidade do produto e de suas aulas. Segundo sua filha Mary Ellen: “Perguntei qual era a parte mais difícil das filmagens e ela disse: Nada. Eu estava mais preocupada com o fermento. As pessoas tendem a superaquecer a água. Minha mãe bateu na nossa cabeça para não superaquecer a água e queimar o fermento”.

Com uma sabedoria que já atravessou décadas, a cozinha de Pollock é uma viagem às receitas de nossas avós e leva um sentimento de conforto às pessoas. Para ela, suas próprias receitas têm um elemento de nostalgia e conforto. “São as receitas antiquadas que você não encontra mais. Minhas receitas são muito preciosas – para mim são inestimáveis”, completa orgulhosa em poder compartilhar o conhecimento de toda uma vida.

P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page