• Gabriel Pietro

Paquistão está contratando desempregados para plantar 10 bilhões de árvores


O governo do Paquistão está contratando pessoas desempregadas por conta da Covid-19 para trabalhar plantando árvores. A iniciativa faz parte do programa “Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores“, que visa reflorestar o país e trazer uma resposta às mudanças climáticas.


A nação paquistanesa sofre atualmente com crescentes ondas de calor, enchentes, secas e outros fenômenos naturais extremos. Além disso, boa parte da água disponível para abastecimento e lavouras vêm das geleiras do Himalaia, menores a cada ano.

O programa lançado em 2018 quer reverter isso. Agora, com a contratação de milhares de pessoas, especialmente jovens, o objetivo parece mais alcançável do que nunca.

No programa “Um Tsunami de 10 Bilhões de Árvores”, todo mundo sai ganhando: os trabalhadores têm alguma renda, que apesar de não ser tão estável, garante o sustento de todos, a economia é estimulada e o meio ambiente recebe o devido cuidado merecido.

Cada trabalhador recebe 500 rúpias paquistanesas (R$ 17) por dia plantando árvores – isto é cerca de metade do que eles recebiam em seus empregos anteriores, mas suficiente para subsistir até o fim da quarentena.

“Enquanto nutrimos a natureza, estamos resgatando milhares de pessoas do abismo econômico“, disse Malik Amin Aslam, consultor de mudanças climáticas do governo paquistanês. “Essa trágica crise proporcionou uma oportunidade e nós a aproveitamos”.

“Isso nos ensinou a lição valiosa de que, quando você investe na natureza, ela não apenas lhe paga de volta, mas também o resgata em uma situação econômica estressante”, concluiu.

Fonte: Trust.org

Projetar e Construir

Guia Digital de Juruena



Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4