top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

10 melhores projetos arquitetônicos sustentáveis de 2020


Desempenho energético, uso eficiente da água, design biofílico e muita criatividade. Confira as melhores soluções para a arquitetura.


Mais do que elemento um mero elemento, a sustentabilidade é parte integrante de qualquer projeto arquitetônico alinhado com as demandas atuais. Neste sentido, anualmente, o Comitê Ambiental do Instituto Americano de Arquitetos (AIA, na sigla em inglês) premia os 10 melhores projetos arquitetônicos que combinam alto design com desempenho de ponta em dez áreas principais. Os critérios de seleção incluem valores sociais, econômicos e ecológicos.

“Os 10 projetos vencedores ilustram as soluções que os arquitetos fornecem para a saúde e o bem-estar de nossas comunidades e do planeta”, afirma a instituição em comunicado. Confira abaixo os selecionados:


Centro de natureza ambiental e pré-escola, Newport Beach, Califórnia

Voltada para crianças de 2 a 5 anos, esta pré-escola na Califórnia tem o intuito de fornecer educação focada na experiência prática na natureza. Para tanto, a própria comida é cultivada em uma horta orgânica local e todo o entorno é repleto de plantas nativas, que fornecem o habitat perfeito para pássaros e insetos. Por serem típicas da região, tal vegetação não requer irrigação.

Aproveitando o clima costeiro, o edifício, construído com materiais naturais e reciclados, é orientado para favorecer a ventilação natural. Não há sistema de refrigeração, apenas ventiladores de teto de baixo consumo energético. Além disso, a instalação de painéis solares gera até 60% mais energia do que o necessário. As medidas de eficiência hídrica, como acessórios e torneiras eficientes, reduzem o uso de água potável em 35%.



Centro da Fundação Ford para Justiça Social, Nova York

Este projeto é uma reforma da sede da Fundação Ford que existe desde os anos 60. Muitos espaços, acabamentos e móveis foram redesenhados. No processo, alcançou-se uma redução de 35% no consumo de energia e 66% de toda a água da chuva que cai é coletada em uma cisterna.

Outro ponto de destaque é que anteriormente, pela configuração dos espaços, apenas um grupo seleto de escritórios tinha uma visão privilegiada do átrio. Hoje, os poucos espaços fechados se alinham na extremidade externa do edifício, tornando o átrio visualmente acessível a todos. Neste átrio, uma variedade de plantas e árvores criam um belo cenário verdejante.





Sede da Etsy, Nova York


Para construir sua sede, a empresa de comércio eletrônico adaptou um prédio industrial no Brooklyn. Isso por si só já garantiu uma grande redução de recursos. O projeto incorporou vegetação abundante em ambientes internos e externos e princípios do design biofílico.


O telhado cede espaço para placas solares e a companhia ainda compra energia adicional para garantir que o abastecimento seja 100% de fontes renováveis. Também no telhado, e áreas comuns, floreiras e paredes verdes trazem o verde para o local de trabalho. As plantas cultivadas são nativas, algumas são raízes comestíveis, e são irrigadas com água captada da chuva.





Aqui trouxemos um pouco de cada projeto, mas como dissemos no início foram 10 os critérios para escolha. Confira os detalhes de cada projeto.


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page