top of page
Divulgação Pronac 2316326.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
Guia Digital da Cidade_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

GUPET.jpg
  • Marcia Sousa - Redação Ciclo Vivo

Jardim medicinal gigante agrega mais de 300 espécies de ervas


Ervas são separadas em 12 canteiros: cada um representa uma parte do corpo humano. A cidade de Sertãozinho, no interior de São Paulo, guarda um tesouro medicinal conhecido por poucos. Trata-se do chamado “Jardim da Paz”, um espaço onde são cultivadas mais de 300 espécies de ervas medicinais. Localizado em propriedade privada, a área é do tamanho de um campo de futebol.

O cultivo de ervas e flores teve início em 1996 pelas mãos da terapeuta Marlei Balbo. A estrutura foi crescendo e hoje há funcionários que cuidam para a manutenção do espaço.



São 12 canteiros, sendo que cada um representa uma parte do corpo humano: Sistema Reprodutor; Sistema Digestivo; Sistema Urinário; Sistema Circulatório; Sistema Respiratório; Sistema Endócrino; Sistema Nervoso Central; Sistema Nervoso Periférico; Sistema Ósseo; Sistema Imunológico; Sistema Locomotor e Sistema Muscular.

Dali saem florais, chás, banhos, entre outros produtos, que abastecem o Centro Holístico comandado por ela. Há ainda um herbário e uma Farmácia de Manipulação de Fitoterápicos. O que não pode ser aproveitado vai para a compostagem.

Com Certificação Orgânica e Certificação Biodinâmica, o jardim foi destaque no programa Terra da Gente, da EPTV. Confira no vídeo abaixo:




bottom of page