top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Artigo: Reverências às dificuldades

Uma vida com ausência de obstáculos, empecilhos e conflitos representa uma miragem ideal, mas que se desfaz sob o sol da realidade. O mundo real existe com todas as suas peculiaridades e possibilidades. Cabe a cada um saber usar as escolhas com prudência e sabedoria.

Por meio dos atritos e dificuldades crescemos em nossas experiências, vivências e conhecimento. De certo modo, pode-se dizer que o ser humano é como a videira que, sabendo aproveitar as oportunidades, realiza excelente produção.


A parreira para produzir frutos favoráveis aos grandes vinhos costuma vir de terrenos pobres em matéria orgânica e em situações extremas de temperatura. As adversidades com sentido e os apuros obrigam as plantas a terem raízes profundas e densas para sobreviver. Por exemplo, as famosas regiões europeias de vinhos, desde Bordeaux, Borgonha, Douro, La Rioja, apresentam condições que obrigam as plantas a desenvolver um sofisticado complexo radicular.


Apenas nestas condições é possível produzir frutos doces o suficiente para a produção de vinhos de guarda. As videiras não apenas reverenciam as adversidades, como as agradecem por meio de seus produtos.


É a superação dos obstáculos iniciais que serviram como estimuladores do crescimento, tal como o espinho na carne de Paulo de Tarso (2 Cor 2:7-9). Quem compreende e agradece sem se rebelar com as dificuldades consegue posteriormente olhar para trás e ter orgulho de si. De ganhar aplausos verdadeiros da própria consciência.


Paulo Hayashi Jr - Doutor em Administração pela UFRGS. Professor e pesquisador da Unica



Comments


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page