• Por: Maurilio Trindade Aun/A Folha do Vale

Empresários de Juína são perseguidos pela justiça somente por trabalharem e tentarem seguir o ídolo



No Brasil, a lei e a justiça somente alcança os pequenos empresários, os pequenos produtores, os trabalhadores, as pessoas “honestas e trabalhadoras”, que na ânsia de viver uma vida melhor, muitas das vezes procuram seguir as ideias de seus ídolos, no caso em Juína, os empresários tentaram colocar na prática a orientação do ídolo dos mesmos, esse ídolo tornou público ainda em 1999 como agia, inclusive, aconselhou os seus admiradores e confessou que: “Conselho meu, e eu faço, eu sonego tudo que for possível”.



Esses mesmos seguidores e apoiadores do ídolo, são igualmente opositores ao Partido dos Trabalhadores em Juína, são críticos a todos os opositores ao ídolo, portanto, são contumaz atacante ao Doria e ao Lula, ou seja, sempre procuraram e procuram defender o ídolo dos mesmos, inclusive, procuraram até colocar em prática alguma das orientações do ídolo visando melhorarem de vida, e ainda em 2012 começaram a colocar em ação as orientações do ídolo visando sonegar o máximo de impostos, conforme pode ser conferido no processo e investigação em curso em Mato Grosso.



Consta dos autos que entre os anos de 2012 e 2019, no município de Juína/MT, os denunciados, supostamente integraram ativamente uma Organização Criminosa, com o fito de obter vantagem indevida mediante a prática de delitos de falsidade ideológica e de sonegação fiscal, através da criação de empresas de fachada, registradas em nome de “laranjas” que atuavam no segmento madeireiro”.


Ainda no resumo do processo consta que:


Restou demonstrado, a princípio, que a organização criminosa tinha como líder supostamente o denunciado ARCI GOMES, sendo assessorado por seu funcionário HANDERON LUIZ CORREIA, bem como que ARCI seria empresário do segmento madeireiro na região de Juína.


Outrossim, teria sido possível identificar que ARCI GOMES supostamente utilizava de diversas empresas registradas em nome de “laranjas” para vender madeira para fora do Estado sem recolher impostos, bem como que o denunciado contava com o apoio dos denunciados GERALDINO BARBOSA DE QUEIROZ, JOHN MAYCON LIMA DE QUEIROZ, FUAD JARRUS FILHO, RODRIGO DOMBROSKI DA SILVA, TIAGO DOMBROSKI DA SILVA, ANDRÉ DE OLIVEIRA DIAS, DOUGLAS SCHIMIT e Alexsandro de Souza Silva”.


Confiram o processo abaixo na integra


1000611-89.2021.8.11
.0042 - DECISÃO DE R
Download 0042 - DECISÃO DE R • 106KB


Portanto, como podem observar são “trabalhadores”, pessoas “honestas” que somente estavam colocando as orientações do ídolo em prática, esse mesmo ídolo é seguido por muitos, como símbolo e exemplo de vida e comportamentos a ser seguido e vivido, inclusive, em receitas de como crescer sonegando e receitas de medicamentos, ou seja, um ídolo que merece ser idolatrado e obedecido.


Desta forma, o poder judiciário somente está dando mais oportunidades deste pessoal odiar a cada dia mais a justiça, ao Supremo Tribunal Federal (STF), por dificultarem ao “trabalho”; as maneiras que visavam aos mesmos em melhorarem a qualidade de vida sonegando impostos, utilizando “laranjas” e outros meios, mas tudo dentro do que defende o ídolo deles, o qual está no poder, eleito e defendido por esse povo “trabalhador”, os quais são pessoas “da paz e do bem”.


Por: Maurilio Trindade Aun

AudioLivros & Vídeo

Saúde em Foco

Projetar e Construir

Finanças e Contabilidade


Guia Digital de Aripuanã

Guia Digital de Brasnorte

Guia Digital de Castanheira

Guia Digital de Cotriguaçu

Guia Digital de Colniza

Guia Digital de Juína

Guia Digital de Juara

Guia Digital de Juruena

Guia Digital de Itanhangá

Guia Digital de Porto dos Gaúchos

Guia Digital de Novo Horizonte do Norte

Guia Digital de Tabaporã

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/1

1/1

1/1

1/3