• A Folha do Vale - Jornal e Site

MDR apresenta carteira de obras habitacionais paralisadas e anuncia retomada nos pequenos Municípios


O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) apresentou nesta terça-feira, 22 de dezembro, um panorama das obras paralisadas em Habitação que totalizam 150 mil moradias e anunciou a retomada nos pequenos Municípios. Os dados foram detalhados durante evento virtual que abordou os desafios das políticas setoriais urbanas. A Confederação Nacional de Municípios (CNM) acompanhou a divulgação das informações e destaca os principais pontos e as perspectivas para o próximo ano da pasta de Habitação.

O ministro Rogério Marinho e o secretário de habitação, Alfredo Santos anunciaram que das 150 mil moradias da carteira de obras paralisadas em Habitação, 100 mil são da faixa 1 e 1/5 do programa Minha Casa Minha Vida. Outras 50 mil moradias paralisadas pertencem à modalidade Programa Oferta Pública, vinculada ao Programa Minha Casa, Minha Vida e que atendia os Municípios com população de até 50 mil habitantes, ou seja, as cidades consideradas de pequeno porte. Eles ainda informaram que e 71 obras do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) urbanização de favelas paralisadas.

De acordo com o MDR, foram retomadas 30 mil moradias referentes às faixas 1 e 1,5 do Minha Casa, Minha Vida, restando ainda 70 mil. A Pasta pretende retomar o diálogo com os agentes envolvidos no processo. A CNM lembra que as principais causas motivadoras da paralisação das obras foram questões fundiárias do terreno, ambientais, fragilidade de projetos básicos e executivos, descontinuidade de liberação de recursos de cronograma físico financeiro não cumpridos e empresas que decretaram falência.

Outros pontos Quando é considerado os pequenos Municípios e as obras paralisadas da Oferta Pública, o impacto foi em aproximadamente 1800 cidades em função da necessidade de arranjos jurídicos com a Secretaria do Tesouro Nacional (STN), Ministério da Economia e a Medida Provisória 996/2020 que criou o Casa Verde Amarela para viabilizar a retomada dessas obras De acordo com o ministro, será possível a retomada e a conclusão de 90% dessas obras em janeiro 2021 quando está previsto a reabertura do prazo para a conclusão de moradias paralisadas nesses Municípios. Vale destacar que a retomada de obras habitacionais paralisadas é um pleito da CNM. A entidade atuou para que o governo federal apresentasse estratégias que viabilizassem a retomada dessas obras.

Também em janeiro, o MDR vai disponibilizar os primeiros chamamentos públicos para os Municípios interessados em participar do novo programa de Regularização Fundiária Urbana e Melhorias Habitacionais, vinculado ao novo programa habitacional – o Casa Verde e Amarela.


Projetar e Construir Guia Digital de Aripuanã Guia Digital de Brasnorte Guia Digital de Castanheira Guia Digital de Cotriguaçu Guia Digital de Colniza Guia Digital de Juína Guia Digital de Juara Guia Digital de Juruena Guia Digital de Itanhangá Guia Digital de Porto dos Gaúchos Guia Digital de Tabaporã

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4