top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Partidos articulam candidatura ao governo do estado de Mato Grosso que darão palanque ao Lula

Tudo leva a crer que o MDB, PP, PSD, PDT, PT, PSB, PV e outros partidos estão articulando uma união em Mato Grosso, inclusive lançando um candidato ao governo do estado, fazendo ao mesmo tempo palanque para o candidato à presidência, Lula (PT) e ao candidato ao senado, Neri Geller (PP).



Na realidade, a maioria destas siglas partidárias acabarão tomando esse rumo em Mato Grosso, principalmente pelos desacertos de candidatos ao senado.


Destas siglas partidárias, o MDB que vem tendo um dos maiores problemas, aliás, a deputada estadual Janaina Riva (MDB) atual vice-presidente estadual da sigla foi uma que se manifestou contrária ao partido lançar um candidato ao governo do estado, que seria o Percival, o qual já foi deputado estadual, deputado federal e é ex-prefeito do terceiro municipio mais populoso em Mato Grosso, Rondonópolis, aliás, localidade em que as pesquisas apontam Lula na liderança das intenções de votos para a presidência.



Todavia, contrários a deputada estadual Janaina Riva, está o presidente do partido, Carlos Bezerra, contado inclusive com o atual prefeito de Cuiabá, Manuel Pinheiro, o atual presidente do MDB de Cuiabá, Francisco Faid entre outros, que acham natural o partido lançar um candidato ou apoiar outro diferente do atual governador, mas claro, que tem outros que pensam igual a deputada Janaina, inclusive o MDB ate hoje tem secretaria estadual sob o comando, a qual era conduzida pelo pré-candidato a deputado estadual Silvano Amaral, portanto, o MDB a nível estadual lançando ou não candidato, estará dividido.


Inclusive, grandes empresários do agronegócio de Mato Grosso aos poucos vão assumindo que estarão apoiando ao candidato à presidência da república do partido dos trabalhadores, Lula, mas a maioria destes empresários apoiam o atual governador, Mauro Mendes, portanto, o que divide mesmo as lideranças no estado em sua maioria é a situação dos candidatos ao senado e ao governo federal, por isso no final a maioria das siglas partidárias no estado acabarão fazendo palanque ao candidato do partido dos trabalhadores.


De qualquer maneira, a maioria destas siglas partidárias estão com outra candidatura a nível estadual, principalmente para dar palanque ao candidato ao senado, Neri Geller (PP) e de lambuja para o candidato do partido dos trabalhadores ao governo federal, Lula.


Por: Maurilio Trindade Aun















Kommentare


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page