top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Projetos de energia renovável podem gerar 600 mil empregos no Brasil


Estudo revela 969 projetos já aprovados de renováveis que poderiam somar 65 GW de capacidade instalada ao mix de energia brasileiro.

Um estudo encomendado pela European Climate Foundation à consultoria EY-Parthenon mostra que 13 mil projetos de renováveis que já tem licenças e áreas prontas para começar a construção teriam potencial de gerar 10 milhões de empregos diretos ou na cadeia de fornecimento — 600 mil deles somente no Brasil.

No setor de energia, o termo usado para identificar projetos que já estão “prontos para começar” é shovel ready. Se colocados em prática, esses projetos poderiam estimular a economia na recuperação da pandemia, injetando aproximadamente US$ 2 trilhões em oportunidades de investimento em todo o mundo, diz a pesquisa.

Segundo o estudo, o Brasil tem 969 projetos shovel ready, representando oportunidades de investimentos de cerca de US$ 108 bilhões. Além de 600 mil postos de trabalhos, os quase mil projetos “prontos para começar” adicionariam 65 GW de capacidade instalada ao mix de energia brasileiro — quase o triplo da capacidade atual das termelétricas movidas a combustíveis fósseis, que têm custos extremamente elevados e um impacto ambiental bastante negativo.

“Este relatório multipaíses, que adotou uma abordagem de baixo para cima, mapeia a fila de projetos shovel ready que poderiam ser desbloqueados para permitir uma recuperação verde”, explica Serge Colle, assessor para Energia Global da EY.

“A PESQUISA DESTACA O REAL POTENCIAL DO INVESTIMENTO DO SETOR PRIVADO PARA ACELERAR AS ENERGIAS RENOVÁVEIS, COM A APLICAÇÃO DE POLÍTICAS GOVERNAMENTAIS E ESTRUTURAS REGULADORAS QUE LIDEREM NESSE SENTIDO.” Serge Colle, assessor para Energia Global da EY


Kommentare


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page