top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Seciteci abre inscrições on-line para 103 vagas remanescentes em cursos técnicos gratuitos

O resultado final dos classificados será divulgado no dia 17 de agosto



A Secretaria de Estado de Ciência, Tecnologia e Inovação (Seciteci) abriu nesta segunda-feira (09.08) inscrições on-line para o preenchimento nas 103 vagas remanescentes para os cursos de educação profissional técnica de nível médio, com aulas presenciais, mesclando ensino híbrido. Neste edital serão ofertas vagas pelas modalidades de Ampla Concorrência (AC) e pessoas com deficiência (PcD), ou seja, 5% das vagas são destinadas ás políticas de inclusão social.

Os interessados em se qualificar profissionalmente devem ter concluído ou estarem cursando o ensino médio, e ter idade mínima de 15 anos. As inscrições podem ser feitas por meio de um formulário eletrônico, disponível na página de seletivo da Seciteci seguem até quinta-feira (12.08) e, para acessar o edital e se inscrever acesse AQUI.

As vagas são para os cursos técnicos nas áreas de administração (46), edificações (5), agropecuária (20) e agricultura (26). As vagas para cada turma serão preenchidas mediante manifestação de interesse na vaga e a classificação dos candidatos será obtida conforme a ordem de realização da inscrição, via portal eletrônico. Os cursos ainda têm a indicação de Cadastro de Reserva no quadro de vagas.

As vagas ofertadas são para o interior do estado e serão realizados nas seguintes Escolas Técnicas de Educação Profissional e Tecnológica de Mato Grosso: Tangará da Serra, Lucas do Rio Verde, Rondonópolis, Diamantino e Barra das Garças. “A ação possibilitará a interiorização de educação profissional e tecnológica, garantindo que diversos públicos de regiões mais longínquas tenham acesso a formação técnica de qualidade”, disse o secretário da Seciteci, Nilton Borgato. Os cursos ofertados seguem as orientações da Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional e atendem ao Catálogo Nacional de Cursos Técnicos (CNCT), do Ministério da Educação (MEC). A cargas horárias mínimas são de 800, mil ou 1,2 mil horas.


Por: Lairce Campos | Seciteci






Comments


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page