• Redação CIclo Vivo

Startup facilita venda de celular antigo e troca por seminovo


O Brasil representa 1,4 milhões de toneladas de descarte de lixo eletrônico.



Lançamentos de novos smartphones são cada vez mais constantes, o que incentiva os apaixonados por tecnologia a estarem sempre com o modelo de última geração. Essa troca (que leva em média 13 meses) frequente faz com que grande parte dos aparelhos fiquem encalhados e, em algum momento, sejam descartados. O problema é que, na maioria das vezes, esse lixo eletrônico não tem o destino mais apropriado, trazendo impactos negativos ao meio ambiente.


Estimativas do mercado mostram que, em um ano, 100 milhões de aparelhos colaboraram para o aumento do lixo eletrônico no mundo. O Brasil representa 1,4 milhões de toneladas desse descarte, que inclui metais como lítio, tântalo, cobalto e metais raros.


No entanto, grande parte desse descarte incorreto pode ser evitado. A startup de tecnologia renovada, Yesfurbe, vem apostando ao refabricar celulares usados em seu próprio centro de reparação e colocá-los de volta ao mercado.


A plataforma foi fundada no ano passado pelos irmãos Pablo e Lucas Linhares, do grupo PLL, e pelos sócios Danilo Martins e Anderson Takara. Ela possibilita tanto a compra de aparelhos recondicionados como, também, a venda de aparelhos usados e troca por créditos para adquirir um modelo refabricado ou um novo.


Esses processos podem ser realizados tanto pelo e-commerce da marca como, também, por meio de marketplaces e varejistas parceiros.Mesmo após muito tempo de uso, é possível recuperar até 80% de um smartphone.


“Em nosso processo de refabricação de celulares, provamos que é possível recuperar as características técnicas e estéticas do modelo original e colocá-lo à venda para um novo consumidor por um preço mais baixo que o valor de um novo”, explica Danilo.


Dessa forma, a prática, além de diminuir o lixo eletrônico e, consequentemente, o impacto negativo ao meio ambiente, também ajuda a tornar uma tecnologia de ponta mais acessível.No entanto, ainda existe uma certa resistência por parte dos consumidores em adquirir um modelo seminovo na hora de comprar um smartphone.


De acordo com Danilo, é preciso ressaltar que o conceito de refurbishing não é o de um smartphone velho. “É um aparelho refabricado, em que suas características técnicas e estéticas voltam a ser semelhantes às de fábrica”, comenta.




Agenda Digital da Cidade

Moda & Tecnologia

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/3