top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Artigo: "Acredite que todos fazem, o melhor, da melhor forma que sabem e que podem a cada momento"

A palavra perdão vem do latim perdonare e tem o significado de doar, doação, abrir mão de algo. Quem perdoa passa seu direito de se ressentir, de ficar magoado. Exercer então a indulgência realiza caridade para si e também para o outro.



Todavia, mais do que ajudar o outro, quem releva ajuda mais a si, de se limpar como maneira higiênica de manter a saúde e a paz mental. Tristes são aqueles que não perdoam, que não doam e não dão a chance de superar tais sofrimentos. É ficar preso a uma situação ruim, de voltar a reminiscência de certos momentos acreditando que poderia fazer algo diferente. Aceitar o que aconteceu, ceder as dores e renovar-se para que o futuro seja afirmativo na vida são práticas salutares para uma existência feliz.


Nesta grandiosidade que se destaca o mestre Nazareno. Em um tempo ainda impregnado da lei de Talião, "do olho por olho, dente por dente", Jesus Cristo ensinava o perdão e o amor como o caminho correto para a verdade e a vida. Perdoar até setenta vezes sete, pois na imensidão da existência, não sabemos o que já fizemos lá atrás.

Na infinitude do progresso, amar é a melhor estratégia e prática para se alcançar a autêntica felicidade. Perdoar e amar são duas facetas de uma mesma moeda, a de Deus. Quem ama perdoa e quem perdoa ama. Mais do que jogos de palavras, o sentimento e a razão que facilitam uma vida repleta de realizações, conquistas e luzes pessoais. Mais do que a riqueza material, as luzes do conhecimento e do amor para adornar nosso brilho, nosso espírito, nosso futuro.


Paulo Hayashi Jr. - Doutor em Administração. Professor e pesquisador da Unicamp.

O título foi adaptado por Elizangela Trindade, com base nos escritos 'Mestres e Guardiões de Si. Decretos e Comandos Vo.01. O título original, encaminhado pelo autor Paulo Hayashi Jr.: Perdão Sempre.


コメント


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page