top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Uso de Máscara se torna facultativo em Itanhangá



No município de Itanhangá, a administração municipal publicou o decreto 028/2022 nesta data, que torna o uso da máscara facultativo no município.


Decreto 028.2022 - Dispõe Sobre o Uso Facultativo de Máscara
.pdf
Fazer download de PDF • 181KB



Todavia, nos espaços públicos de saúde, o uso continua obrigatório, postos de saúde, secretaria, farmácias, laboratórios, enfim, todos os estabelecimentos que tratar de saúde na localidade, o uso da máscara é obrigatório.


Obviamente, o referido decreto nem contemplam as pessoas portadoras do vírus, ou seja, os diagnosticados (as) ou com suspeitas de serem portadoras (os) do Covid-19.


O vice-prefeito, Emerson Sabatine (PSB) atual secretário de administração e finanças, disse que:



Estamos atendendo os anseios da nossa população, pois a nossa localidade praticamente nem vem apresentando casos de Covid-19 e as pessoas que desconfiam que estão com os sintomas estão procurando os atendimentos de saúde e colaborando, logo, nem tem porque toda a população ser obrigada a usar a márcara, pelo menos foi essa a decisão que a nossa administração tomou junto com o prefeito e demais secretários, inclusive atendendo a comunidade escolar”, comentou Emerson Sabatine.


Por outro lado, o prefeito municipal, Edu Pascoski (PL) destaca que:



A nossa decisão no âmbito municipal está baseado no fato que praticamente nem tem mais casos de Covid-19 na localidade, é baseado na diminuição dos casos, ao mesmo tempo, estamos seguindo a mesma decisão que diversas municipalidade vem tomando diante da diminuição dos casos, ao mesmo tempo, as aulas municipais estão em andamento, e entendemos que é cansativo para as crianças que estão em torno de 5 horas em sala de aula e usando máscara, que entendemos ser estressante e ate dificulta o aprendizado, por isso, diante do trabalho de vacinação e pela diminuição dos casos de Covid-19 em Itanhangá, a nossa administração tomou a decisão como se segue no decreto 28/2022”, afirmou Edu Pascoski.


Portanto, pelo que parece, dentro de poucos meses todos os municípios estarão liberando o uso facultativo da máscara, obviamente, nada impede que as pessoas que desejam, possam continuarem usando, caso tenham suspeitas de estarem portando o vírus, ou mesmo, queiram garantir que nem sejam atingidos pelo vírus do Covid-19.


Por: Maurilio Trindade Aun



Comments


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page