top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Vestibular Unemat 2024/1 apresenta diversas novidades

Esta edição do Vestibular conta com novos cursos, provas à tarde e a possibilidade de alunos do Ensino Médio participarem.


VESTIBULAR NO SEGUNDO SEMESTRE

Tradicionalmente, o ingresso no primeiro semestre de cada ano letivo era realizado pelo Sistema de Seleção Unificada (SiSU) do Ministério da Educação (MEC), que utiliza a nota do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) do ano anterior; enquanto o ingresso no segundo semestre de cada ano letivo era realizado pelo vestibular próprio da Unemat.


Porém, a novidade é que o ingresso no primeiro semestre de 2024 será pelo vestibular próprio da Unemat; para tanto as inscrições e provas serão realizadas ainda neste segundo semestre de 2023.


Com a mudança, os alunos do Ensino Médio poderão participar do Vestibular e, caso aprovados, se matricular e ingressarem nos cursos da Unemat, já que as aulas terão início no dia 26 de fevereiro.

Anteriormente, alunos do Ensino Médio podiam participar apenas como treineiros, pois o vestibular oferta vagas nas turmas que iniciavam em agosto.


DOIS SELETIVOS EM UM SÓ VESTIBULAR

Outra novidade é que este vestibular contará com dois processos seletivos: um por prova e outro por análise de histórico escolar do Ensino Médio, dependendo do curso no qual o candidato tiver interesse.

O candidato que ainda estiver cursando o 3º ano do Ensino Médio poderá participar, e deverá enviar o histórico escolar provisório, do 1º e 2º ano do Ensino Médio, que pode ser retirado na secretaria da escola onde estuda.

PROVAS À TARDE

Até o ano passado, as provas eram realizadas no período matutino. A partir desta edição, as provas do vestibular voltam a ser realizadas no período vespertino, das 13 às 18 horas.


ISENÇÃO AUTOMÁTICA

Os candidatos que são titulares ou dependentes no Cadastro Único para os Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) do Ministério do Desenvolvimento e Assistência Social, Família e Combate à Fome agora poderão pedir a isenção automática da taxa de inscrição. Basta o candidato anexar a Folha Resumo do Registro no CadÚnico, com atualização cadastral realizada até dois anos.


ISENÇÃO PARCIAL

Outra novidade é a isenção parcial, para candidatos que não estejam cadastrados no CadÚnico, mas consigam comprovar renda familiar inferior a três salários mínimos, e precisarão pagar apenas R$ 20 nos cursos com entrada por histórico escolar e R$ 50 nos cursos com entrada por prova.

NOVOS CURSOS

Esta edição apresenta três novos cursos:

- Gestão de Turismo, que será ofertado em Nova Xavantina no período noturno

- Gestão e Inovação em Agronegócios, que será ofertado em Tangará da Serra no período matutino

- Produção de Alimentos, que será ofertado em Barra do Bugres no período noturno


CURSOS COM MUDANÇA DE TURNO

Outra novidade são dois cursos da Unemat que serão oferecido em novo turno:

- Ciências Biológicas em Cáceres, que deixa de ser em período integral e agora passa a ser ofertado no período noturno

- Ciências Contábeis em Cáceres, que deixa de ser em período matutino e agora passa a ser ofertado no período noturno


INSCRIÇÕES

As inscrições com isenção de taxa deverão ser feitas entre 14 e 22 de setembro.

As inscrições pagas deverão ser feitas de 14 de setembro a 30 de outubro.

As inscrições para o seletivo por prova custam R$ 100.

As inscrições para o seletivo por histórico escolar custam R$ 40.


PROVAS

As provas serão realizadas nas cidades de Alta Floresta, Alto Araguaia, Barra do Bugres, Cáceres, Cuiabá, Diamantino, Juara, Nova Mutum, Nova Xavantina, Pontes e Lacerda, Rondonópolis, Sinop e Tangará da Serra.

O Vestibular 2024/1 compreende duas fases: a primeira consta de quatro provas objetivas com questões sobre Ciências da Natureza e suas tecnologias, Matemática e suas tecnologias, Ciências Humanas e suas tecnologias, e Linguagens, Códigos e suas tecnologias; já a segunda etapa constitui-se de prova de redação.

As duas fases da prova serão realizadas em etapa única no dia 3 de dezembro, das 13 às 18 horas.

CHAMADAS

A 1ª chamada será realizada no dia 31 de janeiro, com envio de documentos entre os dias 1º e 5 de fevereiro.

Os candidatos que desejarem participar da 2ª chamada, bem como das chamadas subsequentes, deverão manifestar interesse presencialmente na Supervisão de Apoio Acadêmico (SAA) do câmpus onde o curso é ofertado.

A manifestação de interesse presencial deverá ser feita nos dias 19 e 20 de fevereiro.

Os candidatos que não comparecerem serão desclassificados e retirados da lista de espera.

A relação de cursos com vagas disponíveis para a 2ª chamada, bem como a quantidade, será divulgada no dia 14 de fevereiro.

A 2ª chamada e a lista de espera serão publicadas já no dia 20 de fevereiro, com matrículas presenciais nos dias 21 e 22 de fevereiro.

A 3ª chamada será publicada no dia 26 de fevereiro, com matrículas presenciais nos dias 27 e 28 de fevereiro.

A 4ª chamada será publicada no dia 4 de março, com matrículas presenciais nos dias 5 e 6 de março.

A 5ª chamada será publicada no dia 8 de março, com matrículas presenciais nos dias 11 e 12 de março.


COTAS

A Unemat adota sistema de ações afirmativas: todos os cursos oferecidos destinam vagas para estudantes oriundos de escolas públicas, dentro das quais são ofertadas as vagas para candidatos negros, indígenas e com deficiência, ou seja, as pessoas que concorrem a estas vagas também devem ter estudado em escola pública.


As cotas para candidatos negros incluem negros de pele escura (pretos) e negros de pele clara (pardos).

Cursos com 30 vagas reservam 18 vagas para alunos de escola pública, das quais 8 são para pretos e pardos, 1 para indígenas e 1 para pessoas com deficiência, com 8 para os demais candidatos de escola pública. 12 vagas serão destinadas à ampla concorrência.


Em cursos com 40 vagas, 24 são reservadas para alunos que cumpriram integralmente o Ensino Médio em escola pública. Destas 24 vagas, 10 são para estudantes negros, 2 para estudantes indígenas, 1 para estudantes com deficiência e 11 para os demais candidatos de escola pública. A ampla concorrência terá 16 vagas.


Ao todo, são 119 vagas destinadas para indígenas, 598 vagas para estudantes negros, 60 para pessoas com deficiência, 657 para demais alunos da rede pública e 956 para ampla concorrência.

A novidade desta edição é que o candidato que deseja concorrer por cotas para negros (tanto pretos quanto pardos) deve anexar um vídeo de identificação e autodeclaração.


INCLUSÃO

O edital prevê atendimento especializado para candidatos com deficiência física, cegueira, baixa visão, visão monocular, surdez, surdocegueira, déficit de atenção, dislexia, autismo, discalculia, entre outros, além do atendimento específico para candidata gestante ou lactante ou para candidato com outra condição transitória específica, como acidente ou pós-cirúrgico.


Além disso, a Unemat informa que, para candidato trans (travestis, transexuais e transgêneros e todas as pessoas que se identifiquem com outro gênero que não aquele designado a partir do sexo biológico em seu nascimento), é ofertada a opção de utilização do nome social.


RESULTADO

O resultado final será divulgado a partir do dia 31 de janeiro. O período letivo terá início no dia 26 de fevereiro.

Todas as informações sobre as etapas do Vestibular e seus editais podem ser acessadas em vestibular.unemat.br


DÚVIDAS

Qualquer dúvida, basta entrar em contato com a Diretoria de Gestão de Concurso e Vestibulares (Covest) pelo e-mail vestibular@unemat.br ou pelo telefone (65) 99969-2238


CONFIRA QUAIS SÃO OS NOSSOS CURSOS:

Cursos com ingresso por histórico escolar:

Arquitetura e Urbanismo (Integral): Barra do Bugres

Ciências Biológicas (Noturno): Alta Floresta, Cáceres, Nova Xavantina e Tangará da Serra

Ciência da Computação: Alto Araguaia (Noturno), Barra do Bugres (Noturno) e Cáceres (Matutino)

Ciências Econômicas (Noturno): Sinop

Educação Física: Cáceres (Matutino) e Diamantino (Noturno)

Engenharia Civil (Integral): Nova Xavantina, Sinop e Tangará da Serra

Engenharia de Produção Agroindustrial (Noturno): Barra do Bugres

Engenharia Elétrica (Integral): Sinop

Engenharia Florestal (Matutino): Alta Floresta

Geografia (Noturno): Cáceres e Sinop

Gestão de Turismo (Noturno): Nova Xavantina

Gestão e Inovação em Agronegócios (Matutino): Tangará da Serra

História (Noturno): Cáceres

Jornalismo (Noturno): Tangará da Serra

Letras (Noturno): Alto Araguaia, Cáceres, Pontes e Lacerda, Sinop e Tangará da Serra

Matemática (Noturno): Barra do Bugres, Cáceres e Sinop

Produção de Alimentos (Noturno): Barra do Bugres

Sistemas de Informação (Noturno): Sinop

Zootecnia (Integral, com atividades concentradas no matutino): Pontes e Lacerda


Cursos com ingresso por prova:

Administração (Noturno): Diamantino, Juara, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

Agronomia (Integral): Alta Floresta , Cáceres, Nova Mutum, Nova Xavantina e Tangará da Serra

Ciências Contábeis (Noturno): Cáceres, Nova Mutum, Sinop e Tangará da Serra

Direito: Alta Floresta (Noturno), Barra do Bugres (Noturno), Cáceres (Matutino), Diamantino (Noturno) e Pontes e Lacerda (Noturno)

Enfermagem (Integral): Cáceres, Diamantino e Tangará da Serra

Medicina (Integral): Cáceres

Pedagogia (Noturno): Cáceres, Juara e Sinop


Por Nataniel Zanferrari