• A Folha do Vale - Jornal e Site

Moradores do Vale do Arinos e Vale do Juruena que precisam de Segunda Via de documentos aproveitem

CGJ-MT apoia projeto Cartório Amigo

A Corregedoria-Geral da Justiça de Mato Grosso (CGJ-MT) está apoiando o projeto ‘Cartório Amigo – ações para um futuro melhor’, desenvolvido pela Associação dos Notários e Registradores do Estado (Anoreg-MT) com objetivo de prestar serviços gratuitos à sociedade. A iniciativa foi pauta de uma reunião entre a desembargadora corregedora Maria Aparecida Ribeiro e a presidente da Anoreg-MT, Niuara Ribeiro Roberto Borges, na semana passada.



“Abraçamos a causa porque sabemos da importância de ações sociais como essa. Muitas vezes o cidadão precisa de um documento, ou mesmo tem o sonho de oficializar a união, mas não tem condições para isso. Nada mais justo do que desenvolvermos atividades pensando em ajudar essas pessoas, em fazer o bem, e nos aproximar da comunidade”, ponderou a magistrada.


O projeto consiste em um grande mutirão de serviços no dia 16 de junho, simultaneamente em diversas comarcas. As serventias extrajudiciais participantes emitirão gratuitamente segunda via de certidão de nascimento, casamento e óbito; auxiliarão na impressão de CPF; farão consulta de títulos protestados em todo o país; e fornecerão orientações acerca dos diversos atos prestados pelos cartórios como divórcio, inventário, protesto extrajudicial, registro de imóveis, entre outros. Conforme Niuara Borges, a ação é inédita em Mato Grosso, e a ideia surgiu a partir da realização de um evento semelhante em Barra do Garças (a 509km de Cuiabá), no ano passado. “Quando vimos o sucesso do evento, resolvemos ampliar o projeto”, contou.



asamento social - Além dos serviços cartorários prestados, o Cartório Amigo terá casamentos sociais para aqueles que não têm condições de arcar com emolumentos. O prazo para os casais entregarem os documentos termina no dia 30 de abril. Os proclamas serão publicados em maio e as cerimônias ocorrem em junho.


No interior, os noivos devem procurar os próprios cartórios. Já na capital, casais beneficiários de programas sociais, que recebem até dois salários mínimos e preencham os demais requisitos que demonstrem não terem condições financeiras, poderão levar os documentos ao Núcleo de Defesa do Consumidor da Defensoria Pública. O atendimento na unidade para a coleta dos documentos é de segunda à sexta, das 12h às 17h. O posto está localizado na Av. Historiador Rubens de Mendonça, 368, Edifício Top Tower Center, térreo, bairro Bosque da Saúde.


Em Cuiabá, serão habilitados 400 casais cujos proclamas serão publicados pelos Cartórios Xavier de Matos (do Coxipó) e 3º Tabelionato de Notas e Ofício de Registro Civil das Pessoas Naturais (do Centro). Confira aqui mais informações sobre o projeto e os documentos necessários para a entrada no processo de casamento, que variam de acordo com o estado civil dos noivos. Para esclarecer dúvidas entre em contato com a Anoreg-MT: (65) 3644-8373 e 3644-1613.

Por; Ana Luíza Anache com informações da Anoreg-MT. Fotos: Adia Borges (Fotos da Terra) e Tony Ribeiro (Agência F5)

Agenda Digital de Juína

Agenda Digital de Brasnorte

Agenda Digital de Juara

Agenda Digital de Itanhangá

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4