top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Repúdio a matança de onças-pintadas


Mais uma onça-pintada morta...

Essa semana o Instituto Homem Pantaneiro (IHP) divulgou que foi encontrada uma onça-pintada morta no Pantanal, em uma cidade próxima a Corumbá, MS. O animal foi encontrado boiando no Rio Paraguai, com várias perfurações de tiros. O IHP desenvolve na região o Projeto Felinos Pantaneiros.

Nossa solidariedade à equipe do IHP, nós compartilhamos a dor, tristeza e frustração de vocês. Para quem trabalha com conservação de onças, encontrar um animal abatido é uma dor imensa. Uma vez mais, repudiamos esse tipo de crime.

Já dissemos antes, mas vai novamente: as onças-pintadas estão ameaçadas. Nossa espécie está pouco a pouco invadindo seus hábitats, tomando para si seus espaços e deixando esses animais cada vez mais encurralados em áreas pequenas, que geralmente não são adequadas para sua sobrevivência no longo prazo. Acabamos com suas presas, e muitas vezes isso acaba levando as onças a se alimentar de animais domésticos, e aí são abatidas em retaliação, como talvez seja o caso desse abate.

Muitas vezes elas são abatidas “por precaução”!! Porque “talvez quem sabe um dia” elas possam matar um bezerro....mortas “porque sim”....julgadas e condenadas muitas vezes sem nenhuma prova.

Há muitos anos encontramos um filhote de onça morto por criadores de gado na região da Amazônia e perguntamos: Por quê??? E a resposta foi que mataram por que PODE SER que TALVEZ quando ela fosse adulta ela PODERIA matar gado. Está certo isso, colegas???

Nós vamos mesmo acabar com as onças-pintadas? Temos esse direito?

Se queremos que essa espécie magnífica tenha um futuro, precisamos dar as mãos e lutar contra o abate das onças e a caça de suas presas.

Cada pessoa pode ajudar. Como? Falando sobre a grandeza dessa espécie. Ajudando a substituir o medo por encantamento. Levando as onças para o coração das pessoas. Sim, isso é brega, nós sabemos, mas é de uma lindeza sem tamanho também. Se você é apaixonado por onças, bora espalhar essa paixão por aí. Porque “gradazeus” paixão contagia e pode mudar as pessoas. Que podem mudar o mundo, né não?

Para todos os Loucos Por Onças, nós pedimos ajuda. Pelas nossas onças, vamos juntos?


Texto: Por Projeto Onças do Iguaçu | Facebook

P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page