top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Altir Peruzzo defende o Lula no noroeste do estado de Mato Grosso sem medo de ser feliz

O Partido dos trabalhadores (PT) no Mato Grosso nunca foi forte em dominio de administrações municipais, na realidade, num universo de 141 municípios, o partido dos trabalhadores na sua fase melhor no Brasil, em 2008 teve 12 prefeitos eleitos no estado, mas depois foi somente perdendo espaço e hoje nem tem nem um municipio sendo administrado pelo Partido dos Trabalhadores (PT), claro, num estado em que a concentração de terras está nas mãos de poucos, nem é de estranhar que o Partido dos Trabalhadores nem é bem-visto por boa parte da classe dominante do capital e das terras.



Por outro lado, atualmente o partido tem mais deputados estaduais no parlamento estadual, Valdir Barranco e Ludio Cabral do que prefeito, aliás, o único prefeito que o Partido dos Trabalhadores tinha elegido nas eleições municipais acabou migrando para o PSD por se achar como alvo de parte da imprensa e órgãos de fiscalização.


Todavia, nessa eleição o ex-prefeito de Juína, Altir Peruzzo poderá acabar se elegendo ao parlamento estadual, pois diante do Lulismo que cresce no Brasil e mesmo no Mato Grosso, o Partido dos Trabalhadores poderá ter um recorde de deputados estaduais, que será no máximo 3.





No noroeste do estado do Mato Grosso, o ex-prefeito de Juína, Altir Peruzzo é o único que defende a bandeira do Lula sem medo de ser feliz, o ex-prefeito de Juína, foi um dos dez candidatos a deputado estadual homologado na convenção, oportunidade em que o Partido dos Trabalhadores também homologou cinco para deputado federal, entre as quais está a reeleição da única deputada federal do partido, Rosa Neide, para a qual o ex-prefeito de Juína trabalha enquanto assessor parlamentar no noroeste do estado.



O histórico político do ex-prefeito de Juína na política é extenso, já foi vereador por duas vezes em Juína, primeiro mandato ainda em 1992 e foi reeleito em 1996, já no ano de 2000 foi eleito vice-prefeito na chapa do ex-prefeito Dr. Ságuas de Moares, mas assumiu o cargo de prefeito em 2002 quando o prefeito Ságuas Moraes na época se elegeu deputado estadual, em 2008 se elegeu prefeito de Juina, já em 2014 ficou na primeira suplência na chapa de deputado estadual e teve a oportunidade de assumir a cadeira de deputado por 3 vezes, todavia em 2016 foi eleito novamente prefeito de Juína, todo esse tempo nunca mudou de sigla partidária e nem enriqueceu explorando os cargos públicos, afirma diversos moradores e empresários de Juína, simpatizantes da pessoa Altir Peruzzo, muitos destes nem gostando da sigla partidária que o mesmo milita.



Na realidade no Vale do Arinos e Vale do Juruena, Juína é o único município em que o Partido dos Trabalhadores (PT) tem uma militância mais consciente e participativa enquanto classe esclarecida, tanto é que há vários anos o partido alterna dominio da administração municipal, por outro lado, foi também do município que saiu o primeiro deputado federal eleito no estado, Dr. Ságuas de Moraes e atualmente, tem também o terceiro suplente do candidato ao senado, Neri Geller (PP), o qual além de ser de Juína também é filiado ao PT, o Luiz Brás.



Muitos na região acreditam realmente que o único destes candidatos novos ao parlamento estadual com chance de se eleger é Altir Peruzzo, primeiro porque todos sabem da sua seriedade e do bom trabalho que realiza enquanto homem público, por outro lado, por ser o único que encampa a defesa do Lula na região e que pode tirar proveito do lulismo que cresce no Brasil e em Mato Grosso, afirma alguns moradores.




Por: Maurilio Trindade Aun















Комментарии


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page