top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Benefícios do Gengibre à Saúde Para que Serve e Propriedades

O gengibre é um tempero aromático, de sabor pungente e picante. Dentre todas as substâncias ativas presentes no gengibre, o gingerol – ou gingerol-[6] – merece destaque. Ele é o principal responsável pelo sabor característico do gengibre e por várias das suas propriedades medicinais.

Para que serve o gengibre?


Gengibre é um tempero. Ideal à alimentos salgados. Cozinhar o gengibre transforma o gingerol em zingerona, que tem sabor menos pungente e um aroma picante e adocicado. Já quando o gengibre é seco, o gingerol sofre uma reação de desidratação, o que leva a formação de shogaol, que é duas vezes mais pungente que o gingerol. Por isso que o gengibre seco tem sabor bem mais pungente que o fresco.


O gengibre pode ser consumido na forma de chás, sucos, em pedaços frescos ou em pó. Os rizomas jovens têm um sabor suave e podem ser utilizados em conservas. O suco dos rizomas maduros é um ingrediente frequentemente utilizado na culinária indiana, e comum nas cozinhas chinesa, japonesa, vietnamita e outras do sul asiático. Esse suco é usado para aromatizar pratos vegetarianos, frutos do mar e carnes. O pó de gengibre é um condimento para receitas de pães, biscoitos, bolos e cervejas.


Quais as propriedades do gengibre?

Os principais nutrientes presentes no gengibre são o magnésio, o potássio, o folato, o cálcio e a vitamina B6. 100g de gengibre tem cerca de 80 Kcal, a maioria proveniente de carboidratos. Porém, devido ao seu sabor marcante, é utilizado apenas em pequenas quantidades na preparação de pratos culinários, em torno de 2 a 5g. Isso faz com que a quantidade de calorias e vitaminas e minerais consumida a partir do gengibre possa ser considerada insignificante.


O rizoma é muito conhecido por suas propriedades medicinais, devido à presença de substâncias que exercem ação no organismo mesmo em pequenas quantidades. Há séculos é usado para o tratamento de alergias, gripes e resfriados. Notório também por auxiliar o processo digestório. Estudos também têm revelado outras tantas propriedades do rizoma: atividades anti-inflamatória, antitumoral, antiemética, anti-hipertensiva, antidiabética e antimicrobiana.


Quais os benefícios do gengibre?


1) O gengibre é um excelente remédio para alergias, gripes e resfriados


Uma colher de chá de suco de gengibre e mel alivia quadros de tosse persistente e dor de garganta. Seu chá é um bom descongestionante para a garganta e o nariz.


2) O gengibre é um grande aliado para quem emagrecer


O gengibre auxilia o sistema digestório, regulando o movimento do bolo alimentar ao longo do estômago e dos intestinos delgado e grosso. O bom funcionamento do trato gastrointestinal é fundamental para a perda de peso.


3) O gengibre alivia a dor muscular


Uma pesquisa publicada no The Journal of Pain mostrou que o consumo diário de gengibre alivia a dor muscular após a prática de exercícios físicos. O objetivo deste estudo foi examinar os efeitos da suplementação com gengibre tratado termicamente na dor muscular.


4) O gengibre é um ótimo anti-inflamatório


Um estudo publicado no Journal of Alternative and Complementary Medicine mostrou que o gengibre cessa a produção de compostos pró-inflamatórios produzidos pelos sinoviócitos (células do revestimento sinovial das articulações), condrócitos (células da cartilagem) e leucócitos (células de defesa).


5) O gengibre pode ser usado no combate ao câncer


Uma pesquisa realizada pela universidade do Minnesota sugere que os gingeróis podem inibir o crescimento de células de câncer colorretal em humanos. Outro estudo mostrou que os mesmos gingeróis matam células de câncer de ovário através da indução da apoptose (morte celular programada) e autofagocitose (autodigestão).


6) O gengibre é um remédio para a náuseas e vômitos


Ingerir o gengibre cru ou o seu chá é um excelente remédio para a náusea e vômito. Um estudo mostrou que o consumo de gengibre reduziu significativamente a gravidade e quantidade de vômitos em mulheres no início da gravidez.


7) O gengibre pode auxiliar na redução da pressão arterial


O colesterol e as lipoproteínas de baixa densidade podem entupir as artérias e outros vasos sanguíneos do nosso organismo. Estes ‘’bloqueios’’ para o fluxo sanguíneo elevam a pressão arterial. Os ativos presentes no gengibre ajudam a diminuir o nível de colesterol e destas lipoproteínas, promovendo assim uma ação anti-hipertensiva.


8) O gengibre ajuda a controlar o diabetes


Pesquisadores da Universidade de Sidney descobriram que o gingerol, principal ativo do rizoma, pode aumentar a captação de glicose pelas células musculares sem necessitar da presença de insulina.


9) O gengibre também tem ação antimicrobiana


A bactéria Helicobacter pylori é considerada o principal agente etiológico de doenças como dispepsia, úlcera péptica e câncer gástrico e de cólon. Uma pesquisa publicada no National Institutes oh Health revelou que o extrato de gengibre (os gingeróis) inibe o crescimento desta bactéria in vitro. Uma outra pesquisa revelou a atividade antimicrobiana do extrato alcoólico de gengibre frente a três bactérias anaeróbias gram negativas associadas com a periodontite na cavidade oral humana


Fonte: Dra. Patricia Leite | Mundo Boa Forma

Comments


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page