top of page
GUPET.jpg
Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Por que Mestres e Guardiões de Si? Sabe qual de fato é, ou são o(s) impacto(s) que esta obra pode proporcionar na Jornada dos que assimilam o que ali está contido?

Em 2016 iniciou-se o Guia Digital da Cidade, projeto de cunho de Divulgação de Profissionais e Empresas em atividade na Região Noroeste do Estado de Mato Grosso, a valores irrisórios considerando que:


  1. A empresa/ profissional tem visibilidade em portal de notícia local e regional e ainda, recebendo com periodicidade e gratuidade exemplar de jornal impresso (quando em circulação) documentando as realizações/ conquistas obtidas ao município e região, e acesso digital à conteúdos temáticos, direto no Whatsapp, junto a registro de realizações locais da cidade (registros, eventos públicos, conteúdos orientativos).

  2. Profissionais com o hábito de Escrita de artigos, disponham de local à veiculação de Material de Caráter informativo/ Artigo no portal do Jornal A Folha do Vale, 01 vez ao mês (não cumulativo), enquanto mantivessem suas empresas ativas no portal.


Um considerável experimento social, pois de fato os serviços mencionados foram realizados no transcorrer de 06 anos, por Elizangela Trindade, envolvendo os município de: Juara, Novo Horizonte do Norte, Porto dos Gaúchos, Itanhangá, Brasnorte, Tabaporã, Juína, Castanheira, Juruena, Cotriguaçu, Aripuanã e Colniza, com enfoque principal nos seis mencionados primeiros município. Literalmente, conta-se nos dedos, os profissionais que são e foram mais 'humanos e conscientes' no transcorrer de todo este tempo.


E, sob visão de qual investimento ao mês? R$ 20.00 à profissionais autônomos e R$ 35,00 à empresas considerando que estas contém diversos profissionais em suas equipes. Um trabalho divulgado em meio de comunicação disponibilizado com gratuidade à população, aos empresários e lideranças da região.


Ao longo desde trabalho diversas situações/ vivências/ acontecimento foram sendo tomado 'notas', e pode-se constar de fato, quem ou quais 'são' e 'foram' os profissionais, lideranças e gestores mais conscientes e eticamente responsáveis com iniciativas de trabalho social com 'relevante importância social'.


E, uma parte de todas as experiências literalmente absorvidas, se refletiram na escrita do 1º Livro e da Série Mestres e Guardiões de Si. Um livro escrito no transcorrer de 02 anos, vinculado à recursos tecnológicos desenvolvidos pela autora em conjunto à empreendimentos especializados no seguimento.


Trecho de parte de 01 página do livro. Registro feito pela autora, vinculado ao PROJETO PRONAC 2316326

Refletiu-se/ Considerou-se que. CASO houvesse/ ou melhor, tivesse havido a participação social consciente de, ao menos 2500 PROFISSIONAIS/ PESSOAS (Contempladas de maneira direta com o trabalho desempenhado, incluindo: lideres, gestores que tivessem mantido a divulgação de suas próprias empresas ou perfil profissional no portal desenvolvido, a caráter de Respeito e consideração, a história do lançamento do livro, teria sido outra... e com toda certeza 'todos estes' receberiam a unidade literária com mais 'gratuidade'.


O Custo de produção do Livro, por incrível que pareça, mesmo sendo R$ 155,00 acrescido do valor de envio, pela editora R$ 13,00 continua sendo simbólico! em virtude ao material contido na obra impressa e nas informações ali agregadas... claro isto ainda desconsiderando 'os primeiros orçamentos' recebidos à impressão/ produção da Obra enquanto autora à um livro de 390 páginas, e a sequência da Série literária.


Agora, com o Projeto Aprovado à nível federal desenvolveu-se, condições aos Empresários e aos Profissionais (do Setor Público e Privado) de obterem exemplar da unidade literária com garantia à Restituição do Imposto de Renda, visto que o Projeto desenvolvido foi desenvolvido e amparado no Art. 18 da Lei 8313 de 1991 (A Lei Rouanet). No Capítulo IV, de Incentivo à Projetos Culturais.


Profissionais e Empresários por lei, podem destinar 6% do IR à custeio de aquisição da unidade literária, até o abatimento de 100% do valor destinado/demandado à produção/ distribuição, amparado pelo PRONAC 2316326


E, 'Empresas', podem 'destinar 4% do IR à esta mesma finalidade.





Que palavras são necessárias

à se convencer do que é Bom,

do que promove e Edifica o Bem?



Comments


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page