• A Folha do Vale - Jornal e Site

Leite é a Principal Atividade dos Pequenos Produtores Rurais em Castanheira

Todos os municípios precisam apoiar e dar o melhor respaldo ao pequeno e médio produtor rural, primeiro porque é uma condição fundamental para a manutenção do produtor juntamente com a sua família na atividade desenvolvida em sua propriedade, mas para isso, a pequena e média propriedade precisa ser rentável, todavia, na maioria das vezes para isso acontecer o produtor precisa de orientação técnica e apoio para aos poucos melhorar a sua atividade.

No município de Castanheira, a atual administração municipal destaca que vem desenvolvendo isso, através da secretaria de agricultura e meio ambiente, procurando incrementar novas cadeias produtivas e, ao mesmo tempo, melhorar as atividades já desenvolvidas pelos produtores, ao procurarmos o secretário, Paulo Horodenski, o mesmo destacou que: “A prefeita Mabel sempre concedeu apoio e autonomia para fazermos o nosso trabalho, e desde o início do nosso trabalho, temos procurado estudar e ver o que pode ser melhorado e incrementado nas atividades dos pequenos produtores em Castanheira, e dentro destas atividades, estamos incentivando a plantação do café Clonal, mas o forte mesmo nosso no município, é o leite que a gente trabalha em cima, que é a base da nossa economia mesmo”, comentou o secretário Paulo.


Recentemente aconteceu um grande torneiro leiteiro em Castanheira, aliás, nos municípios do Vale do Juruena, a maior bacia leiteira se encontra na localidade, neste sentido questionamos como foi o evento na avaliação da secretaria, o qual informou que: “este ano foi um dos melhores torneios leiteiro já realizado, em termos de participação da população e dos competidores, em termos de premiação, a cada ano, na realidade, vem aumentando e melhorando a capacidade de produção de leite, e hoje são produzidos em torno de 60 a 80 mil litros de leite por dia, ou seja, na época das chuvas se produz mais e na época das secas reduz um pouco”, comentou o secretário.


Na oportunidade, questionamos o secretário se administração tem procurado incentivar e trabalhar no melhoramento genético, pastos e orientações visando aumento de produção de leite, neste sentido o secretário informou que: “Inclusive estamos com uma genética muito boa num grupo 5 estrelas que está vindo para o município, já veio aproximadamente 1000 matrizes, são vacas que produzem de 20 a trinta quilos e até mais, e estamos trabalhando juntamente com a administração para que possamos fazer alimentos para essas vacas, pois, vacas sem comer nem produz leite, e se for bem trabalhado, logo podemos ter uma produção muito maior de leite em Castanheira”, comentou o secretário Paulo.


Todavia, o secretário acredita que em 2 anos, o café clonal começa a ser uma atividade vista como atividade rentável, enquanto que a castanha, é uma plantação nativa da localidade, mas demora mais de 6 anos para começar a ser produtiva, logo, somente o leite é hoje o carro forte do pequeno agricultor e o café tem uma esperança de ser uma boa atividade ainda em 2 anos, e a castanha a médio e a longo prazo, pelo menos o que podemos concluir da conversa com o secretário da secretaria de agricultura e meio ambiente em Castanheira.


Por: Maurilio Trindade Aun

Guia Digital da Cidade

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4