• MundoPsicologos.com

O que é EMDR e como funciona?


A técnica do EMDR vem sendo utilizada na psicoterapia desde o final dos anos 80. Relativamente nova, trabalha para ativar mecanismos de criatividade do cérebro, ajudando a enfrentar distintos problemas e sintomas.


Criado por Francine Shapiro, que cursava doutorado em Psicologia na Califórnia (EUA), o método permite a dessensibilização e o reprocessamento de experiências através da estimulação dos dois hemisférios do cérebro (do inglês, Eye Movement Desensitization and Reprocessing).



Como funciona o EMDR?

O EMDR normalmente é utilizado para reduzir sintomas de ansiedade, manifestações depressivas e para melhorar, de forma global, a saúde mental do paciente. Trata-se de um método especialmente eficiente em questões relacionadas a eventos traumáticos.


Este tipo de terapia utiliza a estimulação sensorial (auditiva, ocular e/ou tátil) para ativar mecanismos de cura. Deve ser aplicada por um psicoterapeuta com formação em EMDR.


O cérebro humano é formado por dois hemisférios. No lado direito predomina as emoções e o potencial artístico e no lado esquerdo as capacidades lógicas e racionais. Tal divisão dificulta que uma sincronia entre razão, emoção e ação, afetando como são processadas as experiências de vida de uma pessoa.


Com o EMDR é possível estimular as diferentes áreas do cérebro justamente para dessensibilizar o que gera incômodo, criando um estado mais saudável e equilibrado, em que razão, emoção e ação estão melhor alinhadas.


O passo a passo do EMDR

Antes de nada, o psicólogo vai analisar a história de vida do paciente, para identificar os pontos de memória positiva e de memória traumática. Após esta fase de preparação, se estabelecem os exercícios que serão usados para atuar nos pensamentos negativos, nas experiências traumáticas e nas sensações corporais.


Normalmente são usados os movimentos dos olhos, tons auditivos e toques para desencadear as ações de reprocessamento. Os exercícios são repetidos até que não haja mais angústia no relato do paciente. O trauma, através do EMDR, é transformado em sentimento positivo e de confiança.


Quem pode fazer EMDR?

A terapia com EMDR pode ser indicada para crianças, adolescentes e adultos. Também é um método potente no atendimento a pessoas com deficiências visuais ou aditivas, que podem se beneficiar da estimulação bilateral do cérebro.


O método, entretanto, deve ser evitado em pacientes com risco de dissociação de personalidade ou em quadros de problema neurológico ou psicológico grave, como podem ser neuroses e esquizofrenias.


Pacientes com algum tipo de problema cardíaco ou gestantes devem solicitar, previamente, autorização do médico, já que através da técnica de EMDR pode haver a possibilidade de ser acessados estados emocionais de maneira mais intensa.


Fonte: Mundo Psicólogos

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/3