top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Terapia ortomolecular


A maioria das pessoas não tem ideia do que significa terapia ortomolecular/nutricional. Mas é realmente muito simples. “Orto” vem da palavra grega que significa “corrigir”. “Molecular” refere-se a moléculas. O termo terapia ortomolecular/nutricional foi cunhado em 1968 pelo Dr. Linus Pauling. Ele definiu a terapia ortomolecular como “a preservação da boa saúde e o tratamento da doença, variando as concentrações no corpo humano de substâncias nutricionais e hormonais que normalmente estão presentes no corpo e são necessárias para a saúde”.


Ao endireitar ou corrigir as moléculas, as substâncias tóxicas são removidas e as deficiências nutricionais são reabastecidas.


Muitas dessas substâncias são capazes de restaurar as deficiências dos neurotransmissores por exemplo, (serotonina e endorfina), que são as principais responsáveis por nos ajudar a lidar melhor com a dor e o estresse, e experimentar a alegria e o prazer.


Terapia ortomolecular e o uso de vitaminas, minerais, aminoácidos, ervas e alimentos para modificar o ambiente interno do indivíduo com as funções vitais comprometidas, auxilia na manutenção da saúde de todo o sistema corporal tratando de dentro para fora.


Com isso todo o organismo se beneficia do seu uso melhorando também a aparência externa, incluindo os cabelos, unhas e a pele.


Também usado com sucesso nos casos de emagrecimento, pois nutrindo todo o organismo com as substancias necessárias o indivíduo emagrece com saúde, podendo ter uma melhora nas condições físicas e emocionais.


Muitas pessoas têm sintomas ou condições sem motivo aparente. Na maioria desses casos, é porque seu corpo tem uma necessidade especial de um nutriente que eles não conseguem obter o suficiente, mesmo com uma boa dieta. A terapia ortomolecular/nutricional é a arte e a ciência de descobrir o que cada corpo precisa e fornecê-lo na dose correta.


Evite qualquer tipo de alimento que faça mal para o organismo, açúcar, sal em excesso, refrigerantes, frituras, alimentos gordurosos, glúten, entre outros.

Procure sempre orientação de um terapeuta ortomolecular.


Fonte: Marcia Vizentini | Eu Sem Fronteiras


P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page