top of page
GUPET.jpg
MÍDIA DA CASTERLEITE ATUALIZADA_edited.jpg
95090b_c4ed513d5c6c4c7ab4c88326c9ab528b~mv2.png
MIDIA JORNAL A FOLHA DO VALE DISK PRÁTIC
Guia Digital da Cidade_edited.jpg
Mandala%20do%20L%C3%ADrio_edited.jpg

Integração Ativa, no Guia Digital da Cidade:

Estudo revela que plantas no local de trabalho reduzem o stress


Um novo estudo da Universidade de Hyogo, no Japão, aponta que o simples contato visual com plantas pode reduzir o stress no ambiente de trabalho.


“Na sociedade moderna, a redução do stress no local de trabalho é um assunto urgente” escreveram os autores Masahiro Toyoda, Yuko Yokota, Marni Barnes, and Midori Kaneko. “Muitos estudos foram feitos sobre o impacto fisiológico e psicológico das plantas, mas a maioria foi conduzida em laboratórios ou simulações de ambientes de trabalho”.


“Atualmente, poucas pessoas entendem e usam todos os benefícios que as plantas podem trazer para o nosso dia a dia. Para melhorar este cenário, decidimos estudar e fornecer evidências científicas sobre a redução do stress pelo contato com plantas em escritórios reais”, continua Toyoda.


O time de pesquisadores decidiu estudar os poderes das plantas em 63 funcionários de uma companhia elétrica no Japão. A pesquisa teve duas fases. A primeira, um período de controle antes das plantas, e então um período de intervenção: os participantes podiam contemplar ou cuidar de pequenas plantas que eles escolheram entre 6 opções (plantas aéreas, bonsai, cactus, folhagens, kokedama e suculentas). Nas duas fases do estudo eram avaliados indicadores fisiológicos e psicológicos.


Envolvimento passivos e ativo com as plantas

Durante o período de intervenção, os participantes mantinham as plantas nas suas mesas e podiam olhar para elas o tempo todo, o que foi chamado de envolvimento passivo. Eles também puderam cuidar das plantas – um envolvimento ativo.


Quando os funcionários estavam cansados, eles eram estimulados a parar o que estavam fazendo por 3 minutos e olhar para as suas plantas. Esta contemplação intencional foi considerada um envolvimento ativo pelos pesquisadores e permitia uma interação e retorno rápido ao trabalho.


Os dois tipos de envolvimento, passive e ativo, tiveram as suas contribuições para a redução do stress e fadiga avaliadas.


Redução significativa de stress

Independente da idade dos participantes ou do tipo de plantas que eles escolheram, os efeitos medidos durante a pesquisa mostraram que houve “redução significativa de stress” ao se comparar a fase inicial e a fase de intervenção com as plantas. Os pesquisadores sugerem que “colocar pequenas plantas à vista da equipe reduz o stress psicológico”.


“Nosso estudo indica que a possibilidade de interagir intencionalmente e estar próximo às plantas pode reduzir sintomas psicológicos e fisiológicos relacionados ao stress dos funcionários”, relatam os cientistas.


Mais estudos baseados em métodos naturais de se reduzir o stress ainda são necessários, mas por enquanto já é possível afirmar que um pouco de verde no ambiente de trabalho contribui significativamente neste sentido.


A pesquisa completa, em inglês, está disponível em HortTechnology.

P.09 DA ED_edited.jpg
bottom of page