• Equipe Ecycle

Como fazer um jardim em casa ou no apartamento


Confira algumas dicas de como fazer seu primeiro jardim, seja vertical, no apartamento, ou em espaços maiores como quintais.
Se você está em dúvida de como fazer um jardim na sua casa, aqui vão algumas dicas! O primeiro passo é analisar o espaço disponível: se for pequeno é possível investir em um jardim vertical.
Se bater pouco sol, as espécies adaptáveis a pouca luz são a solução. Se você é do tipo que vai se esquecer de regar as plantas, pense em criar suculentas. Com o planejamento certo é possível fazer um jardim em casas, apartamentos, varandas... Onde sua imaginação te levar!
Os jardins urbanos estão se tornando cada vez mais populares nas grandes cidades. Se refugiar em um pouco de verde dentro da própria casa aumenta a qualidade de vida dos moradores e ajuda a purificar o ar do ambiente interno, além de ser um lazer no tempo livre. Um jardim na sua casa irá trazer mais vida e benefícios para a saúde e pode ser construído gastando pouco.
Você já possui um espaço amplo na sua casa, mas não sabe como montar um jardim? O ideal é plantar cada espécie de acordo com a incidência de sol na área disponível em sua casa.

A face leste é a mais privilegiada, pois é onde o sol nasce e a temperatura é mais amena. Esse lado é ideal para as plantas mais sensíveis ao sol, como as folhagens, por exemplo.


A face oeste é onde o sol se põe. É um local mais quente pois o calor se "acumula" no solo durante o dia fazendo com que a água evapore mais rápido. Este é o lugar ideal para espécies que possuam folhas e raízes mais resistentes a essas condições, como arbustos, azaleias, hibiscos e cactos, entre outros. Se optar por outras espécies, elas deverão ser regadas com mais frequência.

A face norte é a que mais recebe sol no inverno, portanto é ideal para espécies que necessitam de calor, como hortaliças ou plantas que florescem o ano todo. Outras plantas típicas de inverno, como petúnias, begônias e hortênsias, também florescem em maior quantidade se expostas à face norte.


A face sul é o contrário da norte: é a mais sombreada e fria. Ali é necessário verificar a temperatura da região onde sua casa se encontra para encontrar as melhores espécies. Geralmente árvores ou arbustos lenhosos conseguem se adaptar mais facilmente a estas condições.

Espaços pequenos

Não se preocupe se você mora em apartamentos ou casas com pouco espaço externo, ainda sim você pode ter um jardim em casa. Basta criatividade e cuidado para que as plantas se desenvolvam bem. A arquiteta e paisagista Daniela Sedo já desenvolveu vários projetos desse modelo.


“É tão prazeroso e gostoso você poder cuidar das plantas, ver elas se desenvolvendo e criando flores ou folhas novas, mesmo quando são pequenas. Tem pessoas que não podem ter bichinhos em casa, e por isso têm plantas”, comenta.


Um local propício, por exemplo, é a varanda, pois geralmente tem mais luminosidade e correntes de ar. Em apartamentos sem varanda, qualquer lugar que tenha luz natural já pode abrigar um vaso. Nos mesmos conceitos da incidência solar apresentados anteriormente, veja onde bate sol no local escolhido. Você terá que se adaptar às condições do seu apartamento e não sair escolhendo qualquer espécie pois as chances do seu jardim dar errado são grandes. Confira uma seleção de plantas para casa pequena e que são fáceis de cuidar:

Projetar & Construir

Guia Digital de Juara

Guia Digital de Juína

Guia Digital de Castanheira

Logo Site Projetar e Construir.jpg
LOGO FINANÇAS E CONTABILIDADE.jpg
LOGO SAÚDE EM FOCO.jpg
Logo_AgroNegócio_&_Veterinária_Miniatura
Logo Moda & Tecnologia Miniatura.png
Logo Educação Política miniatura.jpg

Empresas em Destaque

1/6

1/2

1/1

1/4